A negociação entre o Bahia e o Grupo City

podcast
13.05.2022, 13:59:00

A negociação entre o Bahia e o Grupo City

Este episódio analisa as vantagens e desvantagens de ter o fundo árabe como principal investidor

Esta semana, uma comitiva formada por representantes do Grupo City esteve em Salvador para conhecer de perto o patrimônio do Bahia, a história do clube e, principalmente, estreitar as negociações para a compra de uma possível SAF (Sociedade Anônima do Futebol) do tricolor.

O contrato vem sendo discutido há alguns meses entre a diretoria do Bahia e o fundo árabe. Uma das bases prevê a venda de 90% de uma SAF do clube em troca de investimento na casa de R$ 650 milhões.

O Grupo City tem 11 clubes espalhados pelo mundo e a grande estrela deles é o Manchester City, da Inglaterra.

Caso essa negociação seja concretizada, o que muda no Bahia? O que acontece com os sócios do clube? Por que o tricolor foi o escolhido pelo Grupo City entre todos os times brasileiros? Quais são as vantagens e desvantagens de ter o fundo árabe como principal investidor?

Essas e outras perguntas são respondidas neste episódio, que tem o repórter Gabriel Rodrigues e o editor Ivan Dias Marques, integrantes do CORREIO, como participantes.

Você pode ouvir no player abaixo ou fazer o download:

Também é possível escolher o seu aplicativo favorito para ouvir o nosso podcast:

Para ouvir no Deezer, clique aqui.
Para ouvir no Spotify, clique aqui.
Para ouvir no Apple Podcasts, clique aqui.
Para ouvir no Google Podcasts, clique aqui. 

QUE PODCAST É ESSE? Bate-Pronto é uma produção semanal do CORREIO. Nele, trazemos sempre programas temáticos para debater algum conteúdo esportivo que tenha relação com a Bahia.

MAS O QUE É PODCAST? É um programa de áudio igualzinho a um de rádio, mas que você pode ouvir quando, onde e como quiser - pulando, pausando ou adiantando os trechos, se preferir. Basta ter um aplicativo de músicas (como Spotify), um aplicativo para podcasts (do Google ou da Apple) ou simplesmente dar o play na janela acima.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas