A partir de 27 de setembro, sinal da TV Bahia em Salvador e RMS será 100% digital

variedades
10.07.2017, 06:10:00

A partir de 27 de setembro, sinal da TV Bahia em Salvador e RMS será 100% digital

Kits para receber imagem digital podem ser adquiridos gratuitamente por beneficiários de programas sociais
Hugo Brito, gerente de programação da Rede Bahia (foto: Betto Jr.)


Desde 2008, Salvador e Região Metropolitana recebem sinal analógico e digital da TV Bahia, mas a partir de 27 de setembro, somente o segundo permanecerá no ar. Isso representa melhor qualidade de som e de imagem.

A resolução disponível de imagem será exclusivamente a da transmissão digital, que é de 1.280 x 720 linhas de pixels contra 704 x 480 da analógica. Isso garante uma imagem muito mais nítida. Outra informação importante: a transmissão é gratuita, sem a cobrança de mensalidades.

Os espectadores que ainda não sabem como receber o sinal digital devem entrar em contato gratuitamente com a Seja Digital pelo telefone 147 para tirar suas dúvidas. O serviço funciona 24 horas por dia e a consulta pode ser feita também pelo site www.sejadigital.com.br.

A Seja Digital está distribuindo na Região Metropolitana de Salvador 530 mil kits gratuitos para conversão de sinal analógico em digital. Somente beneficiários ativos de programas sociais do governo federal, como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, têm direito a esses kits. 

Para confirmar se tem direito à gratuidade, o interessado deve fornecer, na central de atendimento da Seja Digital, o número de seu NIS (Número de Inscrição Social). Aqueles que não são beneficiários de programas sociais podem comprar o equipamento em lojas, por preços que variam de R$ 150 a R$ 180. 

Todos os aparelhos de TV “de tubo” precisam de conversor. Já os proprietários de TV de tela plana devem consultar o manual do aparelho para saber se já é equipado com conversor. Normalmente, aqueles fabricados até 2010 não possuem o conversor, enquanto os produzidos a partir de 2011 já o possuem e necessitam apenas de uma antena.

De acordo com o gerente de Programação da TV Bahia, Hugo Brito, o sinal digital vai possibilitar ainda inúmeras ferramentas de inclusão como o closed caption (legendas) em todos os canais; audiodescrição, que é participação de um narrador descrevendo o contexto da cena, especialmente para pessoas com deficiência visual. “Como já acontece na TV fechada, o sinal digital permitirá que o telespectador tenha a lista de programas da grade, além de sinopses dos programas”, acrescenta Hugo Brito.

Depois de Salvador, o sinal analógico deverá ser desligado nas cidades de Feira de Santana, Vitória da Conquista e Juazeiro, até dezembro de 2018. As demais cidades ficarão com os dois sinais até o desligamento completo, em 2023. 

Com seis emissoras afiliadas à Rede Globo - além da TV Bahia, a TV Oeste (Barreiras), TV Santa Cruz (Itabuna), TV São Francisco (Juazeiro), TV Subaé (Feira de Santana) e TV Sudoeste (Vitória da Conquista) - a Rede Bahia é a maior rede de televisão do Norte e Nordeste e uma das maiores do país, com cobertura de todo o estado.

No ano passado, a TV Bahia foi mais uma vez campeã de audiência no estdo, liderando com 91%. Cultura, entretenimento, arte, moda e música tiveram lugar garantido na programação. Outros destaques do ano foram as coberturas esportiva - que incluiu o Campeonato Baiano, a Copa do Nordeste e a Olimpíada - e política, com as eleições.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas