A psicologia escolar e a aprendizagem de inglês

artigo
25.10.2021, 05:48:00

A psicologia escolar e a aprendizagem de inglês

A ACBEU, desde sua criação em 1941, sempre foi uma instituição com pensamento vanguardista. Aspectos relacionados a interculturalidade, programa de bolsas de estudo, projetos sociais e um forte elemento educacional foram marcantes na formação de lideranças competentes através da cidadania responsável e estiveram permanentemente na nossa história e nas nossas crenças. Uma ideologia baseada na ética e no respeito se faz com ações de longo prazo que se perpetuam diariamente a partir das ações menores de cada membro desta instituição.
 
Foi assim, com a preocupação de que todos os alunos encontrassem na ACBEU a melhor maneira de aprender e se desenvolver que, ainda na década de 90, um grupo de professores começou a trocar informações sobre seus alunos. Pequenos bilhetes eram escritos de uns para outros, no qual o professor informava qual o tipo de ajuda que o aluno necessitaria de seu novo “teacher”, e deste comportamento de apoio mútuo, uma corrente do bem se fortalecia nos nossos corações.
 
A partir desta prática surgiu o Serviço de Orientação Psicopedagógica, objetivando acolher alunos com necessidades de atenção especial, sejam estas relacionadas à saúde física, psíquica, emocional ou social, e também com a missão promover o desenvolvimento dos professores e equipes, para que todos estejam atentos a como estes aspectos interferem na aprendizagem e, em conjunto, possam construir estratégias para apoiar os estudantes no seu desenvolvimento integral. 

A presença de psicólogos na gestão deste setor traz para a ACBEU um diferencial, por incluir no componente educacional um olhar sistêmico e humanizado para todos que fazem parte de seus programas e cursos, proporcionando que o caminho para o conhecimento tenha características diferenciadas, onde a interação e a colaboração entre todos são elementos fundamentais.

Em tempos de ensino on-line e distanciamento social, uma mudança rápida de paradigma no ensinar e no aprender se fez necessária, e o acesso a todas as ferramentas educacionais de excelência, aliado a uma continuada formação de professores, além do suporte psicológico como mediador das emoções, foram peças fundamentais neste equilíbrio entre o aprender e o ensinar. Tempos mais delicados passaram e seguimos em frente na certeza de que o amor à educação nos rege e o respeito ao próximo que representa nossa história não se renderiam ao momento.
 
A solidez desta instituição que honra sua história sempre preponderou sobre as adversidades. A ACBEU completou 80 anos em agosto e seu vanguardismo não cessa. Temos a honra de continuar levando o nome da Bahia e do Brasil como referência de excelência em tudo que fazemos. A psicologia escolar, sem dúvida, tem sua parte nesse projeto que perdurará por muitas gerações.

Raquel Guirra é psicóloga do LLC do Grupo ACBEU raquelguirra@acbeubahia.org.br

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas