Acabou a aflição: Bahia não corre mais risco de rebaixamento

e.c. bahia
21.02.2021, 23:12:00
Atualizado: 21.02.2021, 23:48:28
Jogadores do Bahia festejando um dos gols diante do Fortaleza (Felipe Santana/EC Bahia)

Acabou a aflição: Bahia não corre mais risco de rebaixamento

Após golear o Fortaleza, tricolor é beneficiado por empates de Goiás e Vasco

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Bastou o Bahia fazer a parte dele que tudo deu certo. Após golear o Fortaleza por 4x0 no sábado, o tricolor se beneficiou dos empates de Vasco e Goiás neste domingo, na sequência da 37ª rodada, e não corre mais nenhum risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Com 41 pontos, o tricolor não tem como ser alcançado por ambos.

O Goiás é o terceiro clube matematicamente rebaixado para a Série B, após Coritiba e Botafogo. O time esmeraldino empatou em 0x0 com o Red Bull Bragantino na Serrinha, em Goiânia, e chegou aos 37 pontos. Como só alcança, no máximo, a 17ª colocação, está decretada a queda para a segunda divisão. 

Ainda na briga contra o rebaixamento, o Vasco também empatou com o Corinthians em 0x0 na Neo Química Arena, em São Paulo, o que praticamente confirmou a queda. Matematicamente, ainda há chance, porém, é preciso um milagre: para se salvar, tem que vencer o Goiás em São Januário e tirar diferença de 12 gols de saldo para o Fortaleza, que precisaria perder para o Fluminense, no Maracanã. Os dois jogos serão quinta-feira (25), às 21h30, assim como todos da última rodada.

O Bahia se despedirá da temporada 2020 enfrentando o Santos, na Fonte Nova. Livre do rebaixamento, o Esquadrão passa a mirar uma vaga na Copa Sul-Americana. Em 15º lugar, está um ponto atrás do Sport, 14º e time que fecha a zona de classificação.

O Bahia classifica para a competição continental se vencer o Santos e o Sport não ganhar do Athletico-PR em Curitiba. O Peixe, já classificado para a Libertadores, demitiu o técnico Cuca, que sairia ao fim do campeonato. O clube está acertado com o argentino Ariel Holan.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas