Academia em Matatu é interditada por não cumprir protocolo de funcionamento

coronavírus
03.09.2020, 13:32:00
Atualizado: 03.09.2020, 20:14:07
(Divulgaçaõ)

Academia em Matatu é interditada por não cumprir protocolo de funcionamento

Lojas Americanas em Stella Maris também foi interditada por equipe de fiscais

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A academia SmartFit de Matatu foi interditada na quarta-feira (2) por não cumprir regras de funcionamento estabelecidas pelo município para reabertura da atividade. Fiscais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e policiais militares fazem uma força-tarefa para verificar se os estabelecimentos estão seguindo as normas.

Segundo a Sedur, a academia não estava usando produto adequado para fazer a higienização do local. “Os protocolos foram formulados de forma criteriosa para garantir a segurança dos clientes e profissionais que frequentam o local. Não vamos admitir que as regras definidas sejam burladas. Nossa fiscalização está atuando há quase seis meses para salvar vidas e continuaremos sendo exigentes”, dizo diretor de fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior.

A fiscalização interditou também as lojas Americanas Express de Stella Maris e dois bares na Mata Escura. Foram constatadas várias irregularidades, incluindo aglomeração de pessoas, falta do uso de máscara, de álcool em gel para higinienização e ausência de funcionário para medir a temperatura dos clientes.

A primeira fase da retomada começou em 24 de julho e desde então as equipes já fizeram cerca de 23.500 vistorias, 98 interdições e 7 cassações de alvará.

Outro lado
Em nota enviada ao CORREIO no início da noite, a assessoria da academia informou que vem cumprindo os protocolos de retomada previstos pela prefeitura. Confira o comunicado na íntegra:

"Desde a reabertura, em 12 de agosto de 2020, a unidade da Smart Fit de Matatu cumpre rigorosamente todos os requisitos de segurança sanitária exigidos pelas autoridades locais. A academia disponibiliza álcool 70% para a higienização de mãos e equipamentos, como a própria fiscalização constatou. Além disso, em uma demonstração de cuidado além do exigido pelo decreto, a Smart Fit disponibilizou o desinfetante hospitalar Mirax, reconhecidamente o mais eficiente para limpeza de superfícies. Sem prejuízo ao uso do álcool 70%. A Smart Fit fez todos os esclarecimentos aos órgãos competentes e aguarda a autorização para a reabertura de sua unidade".

Os representantes dos demais autuados não foram encontrados para comentar a interdição.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas