Acervo digitalizado do cineasta Glauber Rocha vem para a Bahia e ficará no MAM

ronaldo jacobina
27.07.2019, 05:00:00

Acervo digitalizado do cineasta Glauber Rocha vem para a Bahia e ficará no MAM


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Divulgação)
Acervo de Glauber Rocha poderá acessado no mundo inteiro a partir da Bahia

O acervo digitalizado do cineasta Glauber Rocha virá para a Bahia. O conjunto, cuja parte física permanecerá abrigada entre a Cinemateca de São Paulo e o Instituto Moreira Salles, inclui 284 projetos, num total de 22 mil páginas; 400 desenhos; quatro mil fotografias; duas mil cartas; além de todos os seus filmes. Além do material digitalizado, ficarão expostos no espaço também, os cartazes originais dos filmes, a câmera do cineasta, uma espada e o facão usados nas suas icônicas películas.  

Despejo
De acordo com Paloma Rocha, filha de Glauber, todo este material estava na casa Tempo Glauber, no Rio de Janeiro, de onde foi despejada em 2017. “Todo esse material foi digitalizado pelo Tempo Glauber, mas faltava essa etapa final do projeto que é dar acesso público ao acervo digital. Isso agora vai se tornar realidade, os pesquisadores poderão acessar tudo, in loco, ou remotamente”, explica. 

(Foto:GUstavo Stephan)
Filha de Glauber. Paloma Rocha visitou e aprovou as instalações do MAM

Exposição
A expectativa é de que, nos próximos dois meses, o público já poderá acessar o acervo. Paloma acrescenta que, além deste serviço, o projeto prevê ainda um programa de eventos, como palestras e workshops sobre cinema, e uma mostra com os cartazes originais que deverá acontecer no dia 23 de agosto, no aeroporto de Vitória da Conquista, que leva o nome do filho ilustre daquele município. 

Casa tombada
Por falar em Vitória da Conquista, o governador Rui Costa solicitou ao IPAC o tombamento da casa onde nasceu o cineasta para transformá-la num centro cultural. Este projeto, no entanto, não é de interesse da herdeira de Glauber. “O que precisamos é viabilizar o projeto do acesso digital do acervo. Já tivemos a experiência de uma casa e hoje me pergunto: mais uma casa? Pra quem varrer”, brinca. 

(Divulgação)
Casa onde nasceu Glauber Rocha, em Vitória da Conquista

Primeira mão
Começa no dia 31 de julho e segue até 2 de agosto, o trunk show da coleção Resort da marca francesa Karine Fouvry que a empresária de moda Regina Weckerle traz para a sua fiel clientela da loja Paradoxus, na Barra. 

Alta cozinha
O chef Juan Vidal vai promover um jantar especial, na próxima quarta-feira (31), a partir das 19h30, na Casa Vidal, no Caminho das Árvores. O menu degustação terá seis pratos e será harmonizado pela sommeliére Jane Pizzato, sócia da vinícola brasileira Pizzato, que apresentará seus rótulos nesta noite. 

Pai & Filhos
O cantor, compositor e baterista, Ramon Cruz posou com os filhos Ramon e Luan Geambastiani, para a campanha do Dia dos Pais da Bilbao, que será lançada com festa, dia 6 de agosto, na loja do Jardim Apipema. Durante o evento, Ramon vai apresentar um pocket show do seu espetáculo intimista Ramôntico, que estreia no dia 24 de setembro, na Sala do Coro. A campanha tem direção de arte de Mauro Braga e fotografia de Tati Freitas. 

(Foto:Tati Freitas/Divulgação)
Ramon Cruz e os filhos Ramon e Luan 

Portas abertas
Com mais de 90% das obras de restauração concluídas, a Igreja da Graça reabre as portas amanhã, às 8h, com uma missa celebrada por Dom Ângelo. Após mais de cinco anos fechada para os atos religiosos, a igreja construída por Catarina Paraguaçu, em 1535, vai voltar à cena ainda neste semestre, totalmente restaurada pela equipe de José Dirson Argolo que contemplou a recuperação do teto e do altar devolvendo as belíssimas pinturas originais.

(Divulgação)
Igreja da Graça guarda os restos mortais de Catarina Paraguaçu

Arte baiana
Um time de artistas visuais que reúne nomes como Juraci Dórea, Chico Mazzoni, Erickson Britto, Murilo Ribeiro e Justino Marinho, estará na 3ª edição da mostra Doc-Expõe, que a museóloga Angela Pititinga promove no Palacete das Artes, a partir de 1º de agosto. Este ano, a exposição homenageia o saudoso Calasans Neto. 
 
De olho na Bahia
O diretor e dramaturgo João Falcão tomou gosto pelo teatro baiano. Depois da temporada de sucesso do musical Sonhos de Uma Noite de Verão na Bahia, o pernambucano vai montar sua primeira peça infanto-juvenil Um Pequenino Grão de Areia e escolheu a Bahia para fazer a primeira leitura dramática do texto, nos dias 10 e 11 de agosto, às 17h, com entrada franca. Para a leitura, Falcão convocou um grupo de atores que inclui Evelyn Buchegger, Talis Castro e Mariana Borges. Em tempo, foi Falcão quem lançou para o Brasil Vladimir Brichta, Lázaro Ramos e Wagner Moura. 
         
       

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas