Acessos não autorizados a hospitais colocam pacientes em risco, diz Cremeb

coronavírus
18.06.2020, 11:26:00
Atualizado: 18.06.2020, 11:29:44
(Reprodução)

Acessos não autorizados a hospitais colocam pacientes em risco, diz Cremeb

Conselho divulgou nota pedindo tranquilidade nesse momento de pandemia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


O Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) divulgou nota nesta quinta-feira (18) afirmando que o acesso não autorizado de pessoas a hospitais e postos de saúde pode colocar em risco profissionais e pacientes. Ontem, o deputado estadual Capitão Alden (PSL) foi acusado de invadir um hospital de campanha de combate à covid-19 em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.

Na nota, o Cremeb diz que as pessoas não familiarizadas com as normas que entrem sem autorização colocam em risco "a segurança dos profissionais e, principalmente, dos pacientes indefesos". Também aumentam risco de transmissão de infecções, desrespeitam a privacidade dos pacientes e trazem "intraquilidade" em um momento delicado.

"O conselho, como órgão fiscalizador da prática médica, está atento e cumprindo com sua missão, levando aos demais órgãos competentes as não conformidades, como os Ministérios Públicos Federal e Estadual", diz a nota. O controle de mau uso no Sistema Único de Saúde (SUS), diz, deve ser feito com "mecanismos legais", destaca o conselho, que recomenda à população baiana "prudência e tranquilidade", com união para enfrentar a pandemia. 

Atos como o de ontem aumentaram desde que o presidente Jair Boslonaro (sem partido) pediu que as pessoas "deem um jeito" de entrar nos hospitais para verificar se há de fato doentes por covid-19 internados. 

Invasão no Riverside
O deputado estadual Capitão Alden (PSL) é acusado de invadir, na manhã desta quarta-feira (17), as dependências do Hospital Riverside, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), o deputado estava acompanhado de seguranças quando adentrou a unidade, que é dedicada ao tratamento de pacientes com diagnóstico de coronavírus (covid-19).

A unidade é uma área de isolamento respiratório e de contato, onde é proibido visitas e acompanhantes.

"Durante todo o momento, o deputado ameaçava os profissionais da unidade de dar voz de prisão e demonstrava estar armado", informou a Sesab, em nota publicada em seu site.

Segundo a pasta, um dos seguranças do parlamentar posicionou-se na porta de um dos quartos, tendo acesso a uma paciente com as partes íntimas expostas devido ao banho no leito.

Em uma postagem em sua conta no Twitter, o titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas, postou um vídeo do parlamentar dentro da unidade e criticou a atitude.

No vídeo, o deputado aparece falando que vai adentrar a unidade porque este é o seu papel e que imagens serão feitas. Ele responde e uma pessoa no hospital que esta pode processá-lo, caso sua imagem seja veiculada indevidamente.

"É lamentável que o deputado e os seus seguranças coloquem em risco a própria saúde, sob risco de serem infectados com a covid-19, bem como a de pacientes e profissionais", completa a nota da Sesab.

Segundo a Sesab, um boletim de ocorrência foi registrado para a apuração do crime cometido. O CORREIO procurou a Polícia Militar, mas não obteve resposta sobre o ocorrido.

Em nota, o deputado informou que tem cumprido suas funções de fiscalizar os atos do Poder Executivo Estadual e que exercia suas funções. “Não irei fechar os olhos para irregularidades e tão pouco utilização do momento de pandemia para gastos exorbitantes com supostas desculpas que são para as unidades de saúde”, pontua Alden.

Veja a nota de Alden na íntegra:

"O deputado estadual Capitão Alden mantém seu posicionamento firme quanto às suas atribuições enquanto representante do Poder Legislativo Estadual. O parlamentar é o único entre os 63 deputados estaduais na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) que tem cumprido todas as funções do cargo, especialmente, a fiscalização dos atos do Poder Executivo Estadual. Graças às investigações feitas por Alden diversos processos de aquisições e pagamentos duvidosos foram denunciados, a exemplo do contrato de 2.8 milhões de reais, a denúncia feita ao Ministério Público (MP) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), o que resultou na anulação do referido contrato", diz a nota.

Através da assessoria, o deputado informou que vinha solicitando visitas aos hospitais de campanha, sem receber resposta. O secretário Fábio Vilas-Boas teria dito, em conversa no WhatsApp no final de maio, que autorizaria a visita. Em uma segunda nota à imprensa, a Sesab informou que disse à assessoria do deputado Capitão Alden "que não seriam autorizadas visitas a hospitais com pacientes internados. A única visita autorizada foi no Hospital Arena Fonte Nova que estava, naquela oportunidade, ainda sem pacientes internados. Não são permitimos visitas às unidades Covid-19, nem de familiares".

No último dia 11, durante uma transmissão nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro estimulou que apoiadores entrassem em hospitais e filmassem leitos vazios. No dia seguinte, um grupo invadiu um hospital no Rio de Janeiro.

Por meio de nota, o Secretário-Geral do PSL na Bahia, Alberto Pimentel, se posicionou e disse que "a executiva estadual do PSL não apóia ações de invasão a hospitais ou qualquer ato arbitrário, seja por parlamentares ou quaisquer outros filiados à sigla".

Acrescentou ainda que "é prerrogativa do parlamentar fiscalizar as ações do Poder Executivo. Entretanto, principalmente nesse momento de pandemia da Covid-19, é necessário cautela, respeito e cuidado com pacientes internados e com profissionais que trabalham nas unidades de saúde. Estas ações de fiscalização ostensiva diretamente em locais públicos cabem aos órgãos competentes: Ministério Público, Tribunal de Contas e Polícias, dentro de um procedimento legal".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-zidane-renata-fan-recebe-parabens-de-david-beckham-assista/
Ex-jogador inglês enviou mensagem que foi reproduzida no ‘Jogo Aberto’, da Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pf-cumpre-mandados-contra-quadrilha-que-fraudou-mais-de-r-4-milhoes-do-inss/
O grupo é investigado por, pelo menos, 80 benefícios previdenciários suspeitos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/5-filmes-que-voce-deve-assistir-para-apreciar-as-trilhas-de-ennio-morricone/
Compositor, que morreu aos 91 anos, era grande nome da música no cinema
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-baiano-hiran-lanca-segundo-disco-galinheiro/
Disco tem participações especiais de Tom Veloso, Majur e outros artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/serie-baiana-que-revela-salvador-sombria-ja-esta-disponivel-no-amazon-prime/
Produção tem roteiro e direção de Julia Ferreira, baiana que estudou cinema em Londres e Madri
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/netos-de-luiz-gonzaga-divulgam-nota-de-nojo-por-uso-de-musica-em-live-de-bolsonaro/
Jair Bolsonaro convidou o presidente da Embratur para tocar durante a live da última quinta
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moradores-da-lapinha-falam-ao-contrario-e-tem-um-dialeto-o-gualin/
Há meio século, falar ao contrário é considerado sinal de pertença para os moradores “raiz” do bairro da Lapinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/elza-soares-aos-90-e-cheia-de-projetos/
Cantora lança releitura de 'Juízo Final' e faz live neste sábado (4), com participação de Flávio Renegado
Ler Mais