Adolescente rouba bebê da patroa em Salvador e acaba apreendida

salvador
14.01.2020, 15:19:00
Atualizado: 14.01.2020, 15:31:00
(Divulgação)

Adolescente rouba bebê da patroa em Salvador e acaba apreendida

Jovem de 15 anos sofreu aborto recentemente e ficou abalada psicologicamente

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma adolescente de 15 anos foi apreendida pela polícia depois de roubar um bebê de dois anos. A jovem estava muito abalada e disse que pegou a criança porque sofreu um aborto recentemente, o que a deixou muito abalada. O caso aconteceu nesta segunda-feira (13), em Porto Seco Pirajá, em Salvador.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os agentes receberem uma denúncia de que duas crianças estavam em situação de risco no bairro. Ao chegar ao local, eles encontraram a jovem carregando o bebê. Confusa, ela disse que o menino era seu filho e que era usuária de drogas.

Após a abordagem, a polícia levou a menina para o Conselho Tutelar local, onde foi registrada a ocorrência e solicitadas as medidas protetivas previstas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A mãe do bebê, que fez um apelo nas redes sociais falando sobre o desaparecimento do filho e registrou o caso na delegacia de Polícia Civil, disse que conhece a adolescente.

A mulher, que teve seu nome preservado, disse que a jovem trabalhava em uma empresa de sua propriedade e que provavelmente ela agiu assim por não ter se recuperado emocionalmente de um aborto que sofreu recentemente, o qual causou forte abalo emocional na garota.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas