Águia sobrevoa praia segurando peixe de grande porte; assista

em alta
03.07.2020, 12:08:00
Atualizado: 03.07.2020, 12:12:54

Águia sobrevoa praia segurando peixe de grande porte; assista

Bióloga marinha analisa as imagens e confirma veracidade da cena

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um vídeo surpreendente está viralizando na internet com um raro momento de caça de uma águia. Sem parecer se importar com a presença de banhistas na praia, ela carrega um peixe de grande porte nas garras. Nas redes sociais, pessoas especulavam que poderia ser um tubarão. As imagens foram registradas em Myrtle Beach, no estado norte-americano da Carolina do Sul, de acordo com o Daily Mail.

A bióloga marinha Sandra Beltrán Pedreros analisa o vídeo a pedido do O POVO e confirma a veracidade das imagens. Segundo ela, a ave é a chamada águia-careca ou águia-de-cabeça-branca (Haliaeetus leucocephalus) e tem distribuição em toda a América do Norte.

O animal pode chegar a um metro de comprimento, 2,5 metros de envergadura (distância máxima entre as extremidades das asas) e alimenta-se preferencialmente de peixes, como o salmão.

"Relativamente perto da praia onde dizem que foram feitas essas imagens, há um parque nacional. Essa ave é protegida por lei. Então, não seria raro que ela tivesse ido explorar alimento no oceano", completa a especialista.

Sobre o peixe que virou presa nas garras da águia, a bióloga descarta a ideia de que seja um tubarão. "É um tipo de peixe cavala ou serra, que é do grupo dos atuns. O formato da cauda e uma sequência de serras (pequenas nadadeiras em fileira) na superior e inferior da parte posterior do corpo indicam isso. Só não teria como definir a espécie", observa.

De acordo com o Seattle Post-Intelligencer, o vídeo que ganhou as redes sociais foi filmado do 17º andar de um prédio por Tennessean Ashley White. A imagem pode ser considerada rara para um local com a presença de tantas pessoas, mas neste momento ocorre o verão no hemisfério norte e muitas praias dos Estados Unidos foram abertas, apesar da pandemia.

Reportagem publicada originalmente em O Povo

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas