Alexandre Gallo não é mais técnico do Vitória

e.c. vitória
21.07.2017, 09:44:00
Atualizado: 21.07.2017, 13:05:29

Alexandre Gallo não é mais técnico do Vitória

Treinador deixa o clube após 11 jogos e no 19º lugar no Brasileirão; decisão foi comunicada na manhã desta sexta-feira (21), após 49 dias de trabalho

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois do presidente, o técnico. Nesta sexta-feira (21), o Vitória demitiu Alexandre Gallo, após apenas 49 dias de trabalho. Com o treinador, o rubro-negro fez 11 jogos, venceu três, empatou dois e perdeu seis. O aproveitamento é de 33%. A decisão foi confirmada pelo clube e será detalhada em um pronunciamento convocado pelo presidente em exercício Agenor Gordilho à tarde, no Barradão. Junto com Gallo, sai também o auxiliar Valdir Benedito.

Alexandre Gallo assumiu o Vitória no dia 3 de junho e estreou contra o São Paulo cinco dias depois, no Morumbi, onde o Leão foi derrotado por 2x0. O rubro-negro é o vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 12 pontos somados em 45 disputados. 

Resultado de imagem para alexandre gallo correio 24h
Gallo não conseguiu aumentar o rendimento do Leão e deixa o comando do time (Foto: Arquivo CORREIO)

Sob o comando de Gallo, foram 14 gols feitos e 23 sofridos, o que dá uma média de 2,1 gols sofridos por jogo. O treinador se despede da Toca do Leão sem ter conseguido repetir a escalação do time uma vez sequer. 

O Vitória vem de três derrotas seguidas no campeonato (Vasco, Palmeiras e Grêmio) e tem o pior aproveitamento como mandante entre os 20 clubes. Nos oito jogos em casa, só venceu um, empatou dois e perdeu cinco.

Enquanto o novo treinador não chega, a equipe será comandada interinamente por Flávio Tanajura no sábado (21), às 16h, contra a Chapecoense, no Barradão.

O próximo contratado será o quarto técnico efetivo do clube na temporada: Argel iniciou o ano e foi demitido no dia 1º de maio, após a eliminação na semifinal da Copa do Nordeste para o Bahia. Petkovic, que chegou à Toca como gerente de futebol, assumiu também como treinador nas quatro primeiras rodadas do Brasileirão, antes de Gallo ser contratado. Além deles, Wesley Carvalho treinou o time interinamente na final do Campeonato Baiano e foi campeão após os dois Ba-Vis, em maio. Duas semanas depois, o auxiliar trocou o Vitória pelo Palmeiras, onde treina a equipe sub-20.


Veja a seguir o comunicado do Vitória na íntegra:

O Esporte Clube Vitória informa que o técnico Alexandre Gallo foi desligado da função de treinador do time rubro-negro de futebol, na manhã desta sexta-feira (21). O Leão agradece toda  dedicação do profissional, que esteve à frente do elenco em 11 jogos e não poupou esforços para tirar o time da situação incômoda no Campeonato Brasileiro. Um exemplar profissional, que terá sempre portas abertas no clube pelo seu profissionalismo e competência na função de treinador.

O executivo de futebol Petkovic, juntamente com sua equipe e diretoria, já estão à procura de um novo treinador, que será divulgado o mais breve possível. O auxiliar técnico Flávio Tanajura comanda a equipe no duelo diante da Chapecoense, neste sábado (22), às 16h, no Barradão.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas