Aluno põe fogo em escola no Acre após ser repreendido por professor

brasil
23.10.2017, 21:02:32
(Divulgação)

Aluno põe fogo em escola no Acre após ser repreendido por professor

A Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa ficou completamente destruída

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um estudante de 14 anos ateou fogo em uma escola no município de Feijó, interior do Acre, na madrugada do último sábado, 21. Segundo a polícia, ele provocou o incêndio após ter sido repreendido por um professor por chegar atrasado em sala de aula.

A Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa ficou completamente destruída, tanto o imóvel como o material didático, computadores e o estoque de merenda. Ninguém ficou ferido, mas cerca de 100 alunos ficaram sem aula nesta segunda-feira, 23. 

De acordo com a polícia, o jovem teve a ajuda de Carlos da Luz Ribeiro, de 19 anos, que foi preso e levado para a penitenciária de Feijó. O estudante foi encaminhado para um centro socioeducativo para reabilitação de menores de idade.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas