Aos 82 anos, 'vovó fisiculturista' quebra mesa de jantar na cabeça de assaltante

em alta
25.11.2019, 15:17:00
Atualizado: 25.11.2019, 15:53:30
(Foto: Reprodução)

Aos 82 anos, 'vovó fisiculturista' quebra mesa de jantar na cabeça de assaltante

Um frasco de shampoo e uma vassoura também foram usados como arma pela idosa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um assaltante achou que seria uma tarefa simples invadir e roubar a casa de uma senhora de 82 anos. Entretanto, ao chegar na residência, Willie Murphy recebeu o meliante atacando-o com uma mesa de jantar, um frasco de shampoo e uma vassoura.

Acontece que a vovó que não dá mesada apenas aos netos é uma fisiculturista premiada. Ela contou a emissora WHAM que se preparava para ir dormir quando ouviu um homem bater à porta e pedir ajuda, alegando que estava doente.

Ela ficou desconfiada da atitude do homem, não o deixou entrar, e ligou para a polícia. O bandido então resolveu arrombar a porta e entrar.

Com as luzes da casa apagadas, Willie Murphy resolveu mostrar que ele havia “escolhido a casa errada para roubar”. Provando-se uma grande estrategista, a vovó musculosa se escondeu e, no momento certo, partiu pra cima do invasor. 

Ela pegou a mesa de jantar e começou a bater nele. “A mesa quebrou na cabeça dele. Quando ele caiu, eu peguei o frasco de shampoo e joguei tudo na cara dele. Depois peguei a vassoura para bater nele, e ficamos em um tipo de cabo de guerra”, contou à WHAM.

A polícia chegou em seguida e prendeu o homem em flagrante. Impressionados com a força da mulher, os agentes pediram para fazer selfies com ela. Segundo o jornal, a rotina de exercícios dela inclui levantar pesos de mais de 100 quilos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas