Apático, Vitória cai para o Botafogo-PB e deixa G4 do Nordestão

e.c. vitória
07.03.2019, 23:20:00
Atualizado: 08.03.2019, 00:18:49
Leáo sofreu segundo revés em casa e segue sem vencer no Nordestão (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Apático, Vitória cai para o Botafogo-PB e deixa G4 do Nordestão

Leão viu o Belo fazer 3x1 e ainda não sabe o que é vencer na Copa do Nordeste

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Se a o atual momento do Vitória pudesse ser traduzido com o título de um filme, talvez Melancolia fosse o tema ideal. Na noite desta quinta-feira (7), o Leão voltou a apresentar futebol burocrático e perdeu para o Botafogo-PB, por 3x1, no Barradão, pela quinta rodada da Copa do Nordeste.

Foi a segunda derrota seguida do rubro-negro em seus domínios, o time não vence desde o dia 6 de fevereiro, quando bateu o Jequié pelo estadual. Para piorar, o Leão não sabe o que é triunfar no Nordestão. Até aqui foram quatro empates e uma derrota. Desempenho que deixa a equipe na 5ª colocação do grupo A, com quatro pontos, fora da zona de classificação.

Para tentar o triunfo, Chamusca colocou em campo uma equipe modificada, com Juninho na lateral esquerda e o ataque formado por Yago, Erick e Léo Ceará. O Leão começou dominando nos primeiros minutos e chegou perto de abrir o placar aos nove minutos, em chute forte de Leandro Vilela que Saulo fez boa defesa.

Mas, aos poucos, o Botafogo-PB foi gostando do jogo e se soltando na partida. O cartão de visitas do Belo foi dado aos 21 minutos. Chute forte de Clayton que Ronaldo mandou para escanteio. O que o goleiro do Leão não conseguiu pegar foi o chute de Marcos Aurélio. Em falta na entrada da área, o camisa 10 soltou a bomba e abriu o placar para o time paraibano no Barradão.

O gol irritou os poucos torcedores que marcaram presença no Barradão. Com pouca criatividade, o Vitória só assustou em chutes de longa distância com Matheus Rocha e Léo Ceará, ambos para fora.

O Vitória voltou para o segundo tempo sem alterações e, além do time paraibano, teve que lutar contra a chuva que caiu no Barradão. O panorama seguiu o mesmo e quando o torcedor do Vitória esperava uma reação, levou o segundo golpe. Aos oito minutos, o zagueiro Lula apareceu sozinho dentro da área e soltou a bomba. Thales tentou cortar e fez contra. 

Com o prejuízo ainda maior, Chamusca decidiu mexer. O pagado Yago deu lugar para Neto Baiano. Mas foi o outro centroavante que apareceu para recolocar o rubro-negro no jogo. Depois da bola cruzada na área, Roniery furou e a bola sobrou para Léo Ceará encher o pé balançar as redes de Saulo. 

O gol animou o Leão, que se lançou ao ataque. Da cabeça de Neto Baiano quase saiu o empate, mas o árbitro pegou falta do centroavante. O castigo pelas chances perdidas veio minutos depois. No erro da defesa do Vitória, Dico avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Marcos Aurélio fazer 3x1, no Barradão. 

O terceiro gol do Belo foi a gota d'água para que parte da torcida iniciasse um protesto contra o presidente Ricardo David. Enquanto isso, o time continuava sofrendo em campo. Fábio Alves cobrou falta direta e Ronaldo salvou o que seria o quarto do Belo. Se sentindo em casa, o Botafogo voltou a assustar em chute forte de Nando, que Ronaldo fez a defesa em dois tempos. 

A resposta do Leão veio em cabeceada de Neto Baiano, que Saulo conseguiu salvar. Apático e sem conseguir reagir, restou ao Vitória apenas lamentar mais um resultado ruim na temporada. 

O próximo compromisso do rubro-negro será pelo Campeonato Baiano, quando encara o Bahia, nesse domingo (10), às 16h, na Fonte Nova. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/historia-e-solidariedade-marcam-a-primeira-live-do-bloco-ile-aiye/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moda-comunica-mais-que-tendencias/
Representatividade  é o tema desse editorial fotografado e protagonizado por jovens negros
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-sofrencia-musicas-de-arrocha-foram-as-mais-ouvidas-pelos-baianos-na-quarentena/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bisneta-de-mae-senhora-inspira-baiana-azul-de-amaralina-conheca-cida-de-nana/
Bel Borba a contratou como modelo para monumento às baianas sem saber de ascendência, que inclui Mestre Didi e uma das fundadoras da 1ª casa de candomblé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/devo-ou-nao-devo-usar-mascara-na-atividade-fisica-eis-a-polemica-precos-chegam-a-r-120/
Tire suas dúvidas e confira 10 máscaras esportivas disponíveis no mercado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-do-marrom-o-dia-que-daniela-mercury-superou-britney-spears-em-portugal/
Durante a apresentação de Daniela Mercury no Rock in Rio Lisboa em 2004 falei até na TV portuguesa sobre Daniela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-quarentena-anitta-lanca-clipe-para-tocame-com-gui-araujo-assista/
Vídeo traz fãs dançando em casa; é a primeira vez que funkeira contracena com namorado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/secretario-do-ministerio-da-saude-destrata-garcom-em-transmissao-ao-vivo-sai-dai/
Élcio Franco falava em medidas de segurança para reabertura da economia quando se incomodou com presença de servidor
Ler Mais