Após acordo com PSD e PSB, Nelson Leal será presidente da Assembleia

satélite
03.12.2018, 20:40:00
Atualizado: 03.12.2018, 20:41:08

Após acordo com PSD e PSB, Nelson Leal será presidente da Assembleia

por Jairo Costa Júnior, com Luan Santos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O deputado estadual Nelson Leal (PP) será o próximo presidente da Assembleia Legislativa a partir de 2019 após acordo com PSD e PSB, que retiraram suas candidaturas para apoiar o pepista. As conversas foram seladas nesta segunda-feira (3) e terminaram com a definição do nome do deputado Alex Lima (PSB) para a primeira vice-presidência da Casa. 

Leal já contabilizava 18 votos favoráveis e liderava a corrida. Os partidos acordaram que, no próximo biênio (a partir de 2021), vão levar ao comando do Legislativo o deputado Adolfo Menezes (PSD), que também estava na disputa.  

Por sua vez, o deputado Rosemberg Pinto (PT), que já havia retirado o nome da disputa após pedido do governador Rui Costa (PT), será o líder do governo. "Conversamos e chegamos a esse acordo, foi tranquilo. Não houve rusgas entre nós", afirmou Menezes. 

O comando da Assembleia era reivindicado pelo PP, que demonstrava insatisfação com os espaços do PSD no governo. Embora os candidatos negue atritos, líderes partidários, especialmente de PP e PSD, trocaram farpas durante o processo. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas