Após morte da mãe, Guto Ferreira vira dúvida em jogo do Bahia

e.c. bahia
02.05.2018, 16:05:00
Atualizado: 03.05.2018, 09:55:29
Guto Ferreira é dúvida para o jogo contra o Botafogo-PB (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Após morte da mãe, Guto Ferreira vira dúvida em jogo do Bahia

Técnico foi liberado pelo tricolor e decidirá se irá à partida contra o Botafogo-PB

O técnico Guto Ferreira se ausentou do treino do Bahia nesta quarta-feira (2), no Fazendão. O treinador foi liberado após a morte da sua mãe, Marcolina Fedato Ferreira, de 88 anos. Guto viajou a Piracicaba, no interior de São Paulo, para acompanhar o funeral.

O clube ainda não sabe se o treinador estará à beira do campo no jogo de quinta-feira (3), contra o Botafogo-PB, válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste. O confronto começará às 21h45, em Pituaçu, e a decisão ficou nas mãos de Guto. Caso ele prefira se ausentar, o time será comandado pelo auxiliar técnico Alexandre Faganello.

O Bahia publicou uma nota oficial e informou que haverá um minuto de silêncio antes da bola rolar.

Confira a nota na íntegra:

"A diretoria do Esporte Clube Bahia manifesta solidariedade aos amigos e familiares de Marcolina Fedato Ferreira, mãe do técnico Guto Ferreira, que faleceu nesta quarta-feira (2), aos 88 anos.

Marcolina vinha internada há mais de um mês na cidade de Piracicaba, interior paulista, período inclusive que recebeu inúmeras visitas do comandante tricolor, mas acabou não resistindo.

O velório está acontecendo no Cemitério da Saudade, em Piracicaba, e o enterro será amanhã, às 10h.

O Esquadrão já solicitou uma homenagem póstuma no jogo desta quinta (3), contra o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste, no estádio de Pituaçu, quando será respeitado um minuto de silêncio".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas