Após quebrar série negativa, Vitória foca na Ponte Preta

e.c. vitória
14.11.2020, 04:58:00
Barroca conseguiu sua primeira vitória no comando da equipe (Foto: Letícia Martins/EC Vitória)

Após quebrar série negativa, Vitória foca na Ponte Preta

Além de terminar com sequência de resultados ruins, Leão ganhou a primeira sob comando de Barroca

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A agonia foi grande. Ao longo de 47 dias, o torcedor do Vitória ficou com o grito de triunfo engasgado. Durante esse tempo, foi obrigado a se contentar com uma série de resultados frustrantes, que incluíram cinco derrotas e quatro empates. Mas tudo isso já é passado. O Leão exterminou de vez a marca negativa de nove jogos sem ganhar na Série B ao bater o Figueirense por 3x0, na quinta-feira (12), no Barradão.

O resultado fez o rubro-negro chegar aos 24 pontos e se garantir fora da zona de rebaixamento. Agora, são quatro pontos de distância do time que abre o Z4, o Náutico, que perdeu na última sexta-feira do Operário-PR, por 3x1. Nesta terça-feira, o Timbu encara o Sampaio Corrêa, fora de casa, em partida atrasada pela 11ª rodada. Mas, mesmo que ganhe, ainda ficará um ponto atrás do rubro-negro.

Além de encerrar a sequência negativa, a vitória sobre o Figueira também significou um marco para os autores dos três gols. Fernando Neto, que abriu o placar, fez seu primeiro tento com a camisa vermelha e preta. Léo Ceará, artilheiro do clube na Série B, não marcava há três partidas. E o volante Guilherme Rend, que fechou o resultado, balançou as redes pela segunda vez na equipe profissional - a primeira tinha sido em fevereiro, diante do Sport, pela primeira fase da Copa do Nordeste.

“Para ser sincero, estava mais ansioso pelo bom resultado e poder ajudar meus companheiros. Mas fiquei feliz pelo gol, é claro. E consequência do trabalho que a gente desempenha com seriedade todos os dias em busca de uma evolução”, comemorou Rend titular absoluto desde o início da temporada.

Mais do que isso, o triunfo também foi o primeiro do Leão sob o comando de Eduardo Barroca. Desde que chegou, em outubro, o treinador acumulava três empates e três derrotas. Com o 3x0 sobre o Figueirense, ganhou pela primeira vez e aumentou seu aproveitamento - passou de 16,7% para 28,6%.

“A gente vinha em busca dessa vitória desde a minha chegada. Especificamente, na minha função, entendo que treinador vive de vender ideias para jogador, de formas de trabalhar, de jogar. E a vitória vai dando confiança a essas ideias. Apesar de a gente estar vindo sem vitórias, os jogadores vinham tentando, se esforçando, e os resultados não vinham aparecendo. Naturalmente, você conseguindo jogar bem, ganhando, e fazendo isso em sequência, isso vai aumentando a confiança para que a gente retome um processo competitivo adequado na Série B”, comentou Barroca.

O Vitória agora se prepara para enfrentar a Ponte Preta, de novo dentro do Barradão. A partida será na próxima sexta-feira (20), às 16h30.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas