Apresentado, Galdezani diz que está pronto para estrear no Bahia

e.c. bahia
01.04.2021, 15:52:00
Atualizado: 01.04.2021, 16:10:31
Integrado ao elenco do Bahia, Galdezani pode ser novidade na partida contra o Fortaleza (Foto: Vitor Tamar/EC Bahia)

Apresentado, Galdezani diz que está pronto para estrear no Bahia

Volante deve ficar como opção para Dado no confronto com o Fortaleza

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O time do Bahia que encara o Fortaleza, neste sábado (3), às 16h, no estádio Castelão, pela Copa do Nordeste, deve ter novidade. Pelo menos no banco de reservas. Recém contratado, o volante Matheus Galdezani foi relacionado para o confronto e deve iniciar o duelo como opção para o técnico Dado Cavalcanti. 

Na manhã desta quinta-feira (1º), Galdezani foi apresentado oficialmente e falou pela primeira vez como jogador tricolor. Questionado se está pronto para entrar em campo caso Dado precise, o volante garantiu que sim. 

"Isso é uma coisa muito do Dado. Cheguei agora. Faz cinco dias que estou treinando com o grupo. Sei que tenho que respeitar meus companheiros de trabalho. É todo mundo de qualidade, todos bons jogadores. Cheguei agora, quero conquistar meu espaço. E só vou conquistar com trabalho, no dia a dia. Estou muito feliz aqui com o grupo", disse Galdezani.

No Bahia, Galdezani projeta a retomada da carreira. Depois de sofrer uma grave lesão no joelho quando estava no Internacional e ficar sem atuar durante todo o ano de 2019, o jogador conseguiu boa sequência de partidas no ano passado. Ele disputou 38 jogos pelo Coritiba e marcou um gol. Agora, o volante pretende repetir a dose no Esquadrão.  

"Lesão faz parte de qualquer atleta. Nós estamos sujeitos a isso. Tive uma lesão grave só, em 2019, no Inter, uma lesão de joelho. Depois disso, não tive mais lesões sérias. Tanto que joguei praticamente o campeonato inteiro de 2020. Estou muito tranquilo e pronto para poder mostrar meu trabalho".

"Foi bom ter jogado bastante jogos neste ano. Até pelo fato de eu ter tido uma lesão em 2019, no Inter. Mas, graças a Deus, pude me recuperar e fazer bons jogos no Coritiba, para que eu pudesse estar aqui hoje", completou o volante.

Nesta sexta-feira (2), o elenco do Bahia realiza o último treino antes de encarar o Fortaleza. O time encerra a preparação no CT do Ceará.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas