Árbitro relata em súmula xingamentos de Mano: 'Me senti ofendido'

e.c. bahia
12.10.2020, 16:15:00
Atualizado: 12.10.2020, 16:27:48
Mano Menezes, ao fundo, ficou na bronca com a arbitragem durante a derrota do Bahia para o Fluminense (Foto: Felipe Santana/EC Bahia)

Árbitro relata em súmula xingamentos de Mano: 'Me senti ofendido'

Irritado, técnico tricolor chamou juiz de vagabundo após derrota para o Fluminense

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

As declarações do técnico Mano Menezes após o confronto entre Bahia e Fluminense, quando o Esquadrão foi derrotado por 1x0, neste domingo (11), no Maracanã, foram relatados em súmula pelo árbitro José Mendonça da Silva Júnior.

No documento, José Mendonça diz que foi chamado de vagabundo pelo técnico tricolor. O árbitro relata que só tomou conhecimento da situação após chegar aos vestiários e que teve a honra ofendida por Mano Menezes.

"Informo que após o encerramento da partida, já no vestiário do estádio, tomei conhecimento de que o técnico da equipe Esporte Clube Bahia, senhor Luiz Antônio Venker Menezes, adentrou o campo de jogo proferindo as seguintes palavras aos seus atletas se referindo a minha pessoa: 'deixa esse vagabundo aí, não quero que reclame com vagabundo não. deixar roubar!'. Pude constatar tal ato através de imagens gravadas da transmissão da partida e me senti ofendido em minha honra", escreveu no documento. 

Durante o confronto no Maracanã, as câmeras e microfones da transmissão flagraram Mano reclamando com o a arbitragem em diversos momentos. O treinador ficou na bronca após a marcação de um pênalti para o Fluminense em lance que foi revisado com o auxílio do árbitro de vídeo. 

"Na nossa opinião não houve pênalti e na avaliação do árbitro também. Porque ele estava a cinco metros do lance e interpretou, com a força do campo, daquilo que se vê na hora, de que não tinha sido pênalti", disse Mano após o duelo.

A tendência é de que Mano Menezes seja denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Caso punido, ele pode ser suspenso por alguns jogos. 

Com 15 pontos, o Bahia é o atual 16º colocado do Brasileirão, empatado com em número de pontos com o Corinthians, primeiro time na zona de rebaixamento. O tricolor leva vantagem no número de vitórias. 

O próximo compromisso do Esquadrão no Brasileirão será na sexta-feira (16), quando visita o Goiás, às 20h, no estádio da Serrinha, em Goiânia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas