Até eu, pela primeira vez, votei no BBB

textão
28.04.2020, 16:59:00
Atualizado: 28.04.2020, 17:35:27

Até eu, pela primeira vez, votei no BBB

Senta que lá vem...

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Confesso que a primeira e única vez que assisti, esporadicamente, a um Big Brother Brasil foi quando Jean Wyllys participou da quinta edição do BBB em 2005. Por dois motivos. Primeiro: ele ser baiano e eu, assumidamente bairrista, acompanho tudo que tem conterrâneo participando(rs). Segundo: Jean era meu colega de redação no então Correio da Bahia e chegamos a fazer juntos uma coluna de Carnaval chamada Lança Perfume. A gente se divertia muito. Ele venceu com toda minha torcida mas não votei em ninguém.

Depois Jean enveredou pela carreira acadêmica tornou-se professor até que veio a revelação de que ele iria participar do Big Brother Brasil. O resto todo mundo já sabe. Então, como diria minha amiga Wanda Chase, vou enxugar o texto.

Ontem (27), quando acessei o WhatsApp do grupo que temos no CORREIO me deparei com a querida colega Marília Moreira (que senta ao meu lado na atual redação) em plena campanha pedindo voto para Thelma a médica anestesiologista que estava na final.

Nesse mesmo instante, eu li um texto de Midiã Noelle falando sobre Thelma. Midiã é outra querida jornalista ex-colega de redação que tem mais uma coisa em comum: ela faz aniversário dia 11 de fevereiro (mesmo dia da minha saudosa mãe, Dona Bené). E enquanto minha mãe era viva eu sempre mandava abraços, beijos e carinhos para as duas.

Depois dessas conjunções eu falei no grupo que iria votar pela primeira vez no BBB e a candidata seria Thelma. Claro que pedi ajuda a Marília porque eu nem sabia como fazer. Ela me orientou e eu votei duas vezes.

Nem me lembrei de ver o programa. Fui dormir. Hoje quando acordei e liguei o celular vi a movimentação nas redes: Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Pedro Pondé, Camila Botto muita gente comemorando a vencedora do BBB. E era justamente Thelma.

E quando vi essa linda foto dela com esse belo visual black me veio logo a imagem da atriz que trabalhou no filme Hair cantando a música Aquarius. Achei bastante parecida. E a música fala de uma nova era com mudanças de valores e costumes. Tudo a ver. Viva Thelma. Viva.

Montagem de Thelma com atriz do filme Hair (Foto: montagem sobre Reprodução)

Texto originalmente publicado no Facebook e replicado com autorização do autor

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas