Ativa Atelier realiza último eixo de evento virtual com debates sobre gênero

variedades
26.02.2021, 18:22:00
Rita von Hunty participará do evento (Divulgação)

Ativa Atelier realiza último eixo de evento virtual com debates sobre gênero

Segunda-feira, 1º de março, começa o terceiro e último eixo do I Ciclo Ativa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Fernanda Magalhães, Luma Nogueira de Andrade, Rita von Hunty e Stéfano Belo são as quatro artistas que participam do terceiro e último eixo do I Ciclo Ativa Diálogos Plurais. Elas vão falar sobre gênero e arte contemporânea. O evento acontece sempre segundas-feiras, às 19h, no ambiente virtual (por meio da plataforma Zoom). O último eixo temático do I Ciclo Ativa pode ser adquirido por R$230.  É possível também comprar uma única palestra por R$ 100.

Iniciativa do Ativa Atelier, organizada pelos artistas visuais Lanussi Pasquali e Fábio Gatti, o projeto reúne artistas e pesquisadores de todo o país para debater arte contemporânea. Cada conferencista tem 40 minutos para sua palestra. Em seguida, o espaço é aberto para perguntas e respostas feitas pelo público. A ideia é produzir um livro com as transcrições dos encontros. 

No primeiro eixo, realizado em janeiro, os artistas Marcela Bonfim (RO), Adriano Machado (BA) e Tiganá Santana (BA) debateram o tema decolonialidade. No segundo módulo, promovido em fevereiro com o tema cidade, participaram os artistas Denilson Baniwa (AM/RJ), Marcelo Terça-Nada (MG/BA) e Gabriela Leandro Gaia (ES/BA).

“O que ficou latente para nós foi a necessidade de continuarmos a explorar temas relevantes para a arte, os quais tocam em questões político-sociais da atualidade. Por isso, já estamos trabalhando para realizar o II Ciclo ano que vem a partir de novas discussões e com convidados brasileiros e internacionais”, conta Fábio Gatti

O Ativa Atelier Livre fica localizado na rua Tupinambás, no Rio Vermelho, e funciona como um espaço independente de produção, reflexão e aprendizado em arte contemporânea e é um dos braços do Projeto Ativa (2014), idealizado por Lanussi Pasquali e o artista visual Joãozito (1966-2017) como uma plataforma para conectar e ativar espaços e encontros em arte contemporânea experimental. 

SERVIÇO
O QUE É: I Ciclo Ativa Diálogos Plurais
QUANDO: março de 2021, segundas-feiras, às 19h
ONDE: Plataforma Zoom
QUEM PROMOVE: Ativa Atelier Livre
QUANTO: Inscrição no eixo gênero R$ 230,00, em uma palestra R$ 100,00

PROGRAMAÇÃO DO 3º EIXO
GÊNERO

01 de março
Fernanda Magalhães (PR)
Título: Grassa Crua, corpas em relações

Artista, Fotógrafa, Performer e Professora de Artes na Universidade Estadual de Londrina (desde 1991). Realizou Pós-doutorado pelo LUME - Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da Unicamp (2016) e é Doutora em Artes pela Unicamp (2008). Recebeu o VIII Prêmio Marc Ferrez de Fotografia - Minc/Funarte -, em 1995 com o Projeto "A Representação da Mulher Gorda Nua na Fotografia". Publicou os livros "Corpo Re-Construção Ação Ritual Performance", Travessa dos Editores (2010) e "A Estalagem das Almas", em parceria com a escritora Karen Debértolis, Travessa dos Editores (2006). Suas obras integram os acervos de instituições como a Maison Europèene de laPhotographie em Paris, França; o Museu Oscar Niemeyer em Curitiba, Paraná; a Coleção Joaquim Paiva de Fotografia Contemporânea no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e o Acervo do Projeto Armazém, Florianópolis, Santa Catarina.

08 de março
Luma Nogueira de Andrade (CE)

Autora do livro Travestis nas Escolas: Assujeitamento e Resistência a Ordem Normativa e Organizadora do E-BOOK: Diversidade Sexual, Gênero e Raça: Diálogos Brasil-África. Professora Adjunta da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - Unilab, atua na graduação do Instituto de Humanidades, no Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis (MASTS) e no Programa de Pós-Graduação em Ensino e Formação Docente (PPGEF). Doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará, Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. Licenciada em Ciências pela Universidade Estadual do Ceará. Vencedora do II Prêmio Ciências (MEC, CNPQ, ONU), vencedora do Prêmio Educando Pela Diversidade Sexual (Senado Federal), vencedora do prêmio Artur Guedes, e vencedora do prêmio internacional Stonewall 50 anos.

15 de março
Rita von Hunty (Guilherme Terreri)
Título: O sistema sexo-gênero e suas dissidências: Gayle Rubin e Paul Preciado

Rita von Hunty é a persona drag de Guilherme Terreri, ator formado pela UNIRIO e professor de língua e literatura inglesa formado pela USP. Hoje atua no cinema e no teatro, apresenta um programa de TV (Drag Me As A Queen) e um canal no Youtube com mais de 600 mil inscritos (Tempero Drag), além de viajar o país oferecendo cursos e formações que discutem, através dos Estudos de Cultura, temas centrais de nossas vidas em sociedade.

22 de março
Stéfano Belo
Título: A emancipação artística travesti em três movimentos

Artista cigana nascida em São Luís/MA, criada em Salvador e no interior da Bahia, em Feira de Santana, mais tarde radicada em Curitiba/PR. Faz dos lugares por onde passa parte indispensável de sua criação e trajetória. Artista pesquisadora, é graduada na Faculdade de Artes do Paraná e residente da Casa Selvática em Curitiba desde a sua fundação em 2012. Explora em suas pesquisas o desgaste entre as fronteiras de linguagens – a performance, a dança, o teatro e a música – e a hibridização das mesmas.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas