Atriz de Floribella revela traições do ex-marido após nascimento do filho

variedades
28.09.2020, 20:30:00
Atualizado: 28.09.2020, 20:32:55
Mariah de Moraes com Juliana Silveira, protagonista de Floribella (Fotos: Reprodução/Instagram)

Atriz de Floribella revela traições do ex-marido após nascimento do filho

Mariah de Moraes contou como lidou com momentos difíceis vividos há 10 anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A atriz Mariah de Moraes, 30 anos, que voltou a ficar em evidência com a reprise da novela Floribella, exibida pela primeira vez em 2005 e que voltou a passar na Band no último dia 15, chamou a atenção com uma revelação que entristeceu muitos seguidores. Em interação com os fãs nas redes sociais, a artista fez um desabafo sobre um momento delicado que passou após a chegada do filho, João Pedro.

“É triste estar em casa cuidando de um filho enquanto o cara curte a vida adoidado”, disse Mariah, se referindo ao pai da criança e então namorado. “Lidei mal, sofri muito. É uma dor que a gente cura depois, como todas as dores. Mas eu era traída com mulheres ‘mais livres’ que eu, mais ‘modernas’ que eu”, continuou a intérprete de Bruna Fritzenwalden, personagem da primeira temporada de Floribella.

Mariah ainda relembrou ter ficado abalada e ter questionado seus valores: “Aquilo me deixava arrasada. Me sentia assim, como se eu não soubesse estar no mundo. Eu queria achar aquilo normal, por imaturidade mesmo. É grave, gera sofrimento e não deve ser naturalizado. Se um cara te trai, ele está errado”, completou.

Dez anos após o ocorrido, Mariah afirma estar decidida quanto suas opiniões e valores. “Se uma mulher entra numa relação fechada, está errada também. Para mim, é isso. Respeitem as relações das pessoas. Respeite a pessoa que está com você”, finalizou a jovem, que também já atuou em Malhação (entre 2007 e 2009) e no Sítio do Picapau Amarelo (como Rapunzel, em 2006), além de ter sido uma das apresentadoras da TV Globinho.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas