Autor de golaço, uruguaio Pablo Siles se firma no Vitória

e.c. vitória
21.07.2021, 11:14:00
Atualizado: 21.07.2021, 11:16:44
Pablo Siles puxa a fila para comemorar o gol marcado contra a Ponte Preta, no Barradão (Pietro Carpi/ECV)

Autor de golaço, uruguaio Pablo Siles se firma no Vitória

Volante foi titular com Ramon Menezes todas as vezes em que esteve disponível

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ele não fala português e nunca havia jogado no futebol brasileiro antes de vestir a camisa do Vitória, mas se adaptou rápido dentro das quatro linhas. Pouco mais de dois meses após ser contratado, o uruguaio Pablo Siles se firmou no time do Leão. Titular absoluto nas formações utilizadas pelo técnico Ramon Menezes, o volante foi o autor do golaço diante da Ponte Preta, que garantiu o fim do jejum de triunfos na Série B do Brasileiro e a saída da zona de rebaixamento do campeonato. 

Não foi a primeira vez que Pablo Siles decidiu para o Vitória. Antes de ditar o placar de 1x0 contra a Macaca, na noite de terça-feira (20), no Barradão, o volante já tinha garantido o empate em 1x1 com o Confiança, no estádio Batistão, na 10ª rodada da Série B, em 10 de julho. 

Oficializado como nova contratação do Vitória em 14 de maio, Pablo Siles foi regularizado 10 dias depois e ficou à disposição para a estreia do time na Série B do Brasileiro. Ficou no banco, mas não foi aproveitado na primeira rodada, contra o Guarani, pelo técnico Rodrigo Chagas, que comandava o time na ocasião. Rodrigo o utilizou no decorrer da partida seguinte, contra o Náutico. 

O uruguaio de 24 anos se tornou titular após a chegada de Ramon Menezes, que o escalou logo em sua estreia à beira das quatro linhas, no triunfo por 3x1 contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, quando o Vitória garantiu a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. 

O volante foi titular em 11 das 12 partidas comandadas por Ramon Menezes. Só não atuou contra o Sampaio Corrêa porque estava suspenso. É o único jogador do elenco com essa regularidade. Todas as outras peças do time já sofreram alteração por ordens médicas ou opção do treinador. 

GOL E SUSPENSÃO

Coincidentemente, nas duas vezes em que Pablo Siles balançou a rede para o Vitória na Série B ele desfalcou o time na rodada seguinte. Diante do Confiança, ele marcou aos 34 minutos do 1º tempo e foi expulso aos 28 da etapa final após matar jogada de Gustavo Ramos na entrada da área. 

Contra a Ponte Preta, o volante balançou a rede aos sete minutos do segundo tempo e, depois, aos 19, levou cartão amarelo por entrada dura em Moisés. Como foi o terceiro, Pablo vai cumprir suspensão diante do CSA. O Vitória enfrenta a equipe alagoana no sábado (24), às 21h, no estádio Rei Pelé. Além dele, o atacante Guilherme Santos também está suspenso. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048