Bahia antecipa fim do transição e amplia elenco do time principal

e.c. bahia
20.01.2022, 14:27:00
Guto Ferreira vai ter um elenco maior para gerenciar a partir de agora (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia antecipa fim do transição e amplia elenco do time principal

Jogadores do sub-23 vão ser incorporados ao grupo de Guto Ferreira

Depois de quatro temporadas, o Bahia pode dizer que encerrou oficialmente o seu projeto de time sub-23. O tricolor decidiu antecipar o fim da equipe de transição, que disputou os dois primeiros jogos do clube em 2022, e a partir de agora todos os atletas vão treinar sob o comando do técnico Guto Ferreira, em um único plantel. 

Inicialmente, a equipe de transição disputaria os três primeiros jogos do Baianão, enquanto o elenco principal teria mais tempo de pré-temporada e estrearia apenas na Copa do Nordeste. Como o jogo de abertura do Nordestão, marcada para este sábado (22), contra o Sampaio Corrêa, na Fonte Nova, foi adiado para o fim de fevereiro, agora o time Guto vai ter como primeiro compromisso no ano o duelo com o Doce Mel, marcado para a próxima quarta-feira (26), às 19h15, na Fonte Nova, pelo estadual. 

Nos dois jogos que disputou na atual temporada, o time de transição ficou no empate com Bahia de Feira, por 2x2, e com o Unirb, por 1x1. Com o fim do projeto, os jogadores que estavam treinando sob o comando do português Bruno Lopes desde o início de dezembro agora integram o elenco principal. Já Bruno, ficará como auxiliar fixo do tricolor e vai integrar a comissão técnica de Guto. 

O Bahia não informou quantos jogadores vão de fato trabalhar com Guto Ferreira, mas a relação de atletas divulgada pelo clube no início do ano - que leva em consideração o time principal e o sub-23 -, conta com 43 nomes. 

Vale destacar que nos últimos dias sete jogadores que disputaram a Copa São Paulo de Futebol Júnior também passaram a fazer parte do elenco principal. Assim, o plantel agora soma pelo menos 50 jogadores. 

Com a mudança, atletas como Ligger, Luizão, Lucas Araújo, Luiz Henrique e Oscar Ruiz voltam a fazer parte do time de cima. Eles haviam sido rebaixados para a disputa do estadual. Já nomes como o zagueiro Felipe Torres, o goleiro João Pedro, os atacantes Thiago Rosa e Brenner e o volante Lohan, que foram contratados para o transição, foram promovidos. 

A tendência natural é de que o grupo seja reduzido ao longo da temporada. O Bahia não esconde que deseja colocar alguns jogadores no mercado. Outros atletas, com idade de base, podem voltar ao sub-20. Mas com tantas peças à disposição, Guto Ferreira indicou que vai rodar o elenco entre Copa do Nordeste e Campeonato Baiano. 

“Nos jogos de maiores dificuldades, a gente tende a entrar com a equipe principal. Aí passa a fazer um giro com os jogadores tanto no Campeonato Baiano quanto na Copa do Nordeste. Campeonato Baiano, pode contar com uma equipe mista, pode contar com a equipe principal com alguns jogadores que não vêm sendo utilizado de forma direta no time da Copa do Nordeste. Não tem a equipe principal e a equipe menos principal, é uma equipe só. Para cada jogo uma história, é rodar e buscar resultados”, disse.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas