Bahia confirma 14 mortes por covid-19 e 744 novos casos nas últimas 24h

coronavírus
21.05.2020, 19:06:00
Atualizado: 21.05.2020, 19:24:44

Bahia confirma 14 mortes por covid-19 e 744 novos casos nas últimas 24h

Total de óbitos no estado é de 376, com 11.941 infectados notificados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, mais 744 casos confirmados do novo coronavírus, além de 14 mortes. Os dados foram divulgados pela Secretaria da Saúde (Sesab) nesta quinta-feira (21). De acordo com o boletim, o estado alcançou o total de 11.941 diagnósticos de covid-19, com 376 óbitos notificados. 

Na véspera, quarta-feira (20), eram 11.197 infectados e 362 fatalidades, um crescimento de 6,64% em relação ao número de contaminados e de 3,86% em relação às mortes. Ainda segundo a Sesab, desde a última terça-feira (19), 1.309 casos confirmados aguardam validação dos municípios.

O levantamento também aponta que 3.523 pessoas já são consideradas recuperadas da doença (29,5% do total de contaminados), enquanto 8.042 pacientes ainda apresentam sintomas da covid-19 e seguem monitorados pela vigilância epidemiológica (67,34%).

Ao redor da Bahia, 1.852 profissionais da saúde testaram positivo para a covid-19, representando 15,5% do total de diagnósticos.

Os casos confirmados aconteceram em 230 cidades do estado, com maior proporção em Salvador (64,61%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (3.752,62), Itabuna (3.151,63), Ipiaú (2.833,91), Ilhéus (2.575,05) e Salvador (2.395,25).

Em relação às mortes, apesar de, nas últimas 24 horas, terem sido registrados 14 novos óbitos, apenas três aconteceram nos últimos três dias. A vítima fatal mais nova notificada tinha 2 anos e era do sexo feminino. Ela apresentava, como comorbidades, hipertensão arterial e doença renal crônica. O mais velho tinha 88 anos e possuia doenças cardiovasculares e imunossupressão.

  • 363º óbito – homem, 52 anos, residente em Dias D’Ávila, sem comorbidades, veio a óbito dia 16/05, em hospital da rede privada, em Salvador.
  • 364º óbito – homem, 88 anos, residente em Salvador, comorbidades doenças cardiovasculares e imunossupressão, veio a óbito dia 03/05, em hospital da rede privada, em Salvador.
  • 365º óbito – homem, 56 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, veio a óbito dia 16/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 366º óbito – homem, 55 anos, residente em Salvador, comorbidade diabetes, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 367º óbito – mulher, 84 anos, residente em Itatim, comorbidade hipertensão arterial, veio a óbito dia 14/05, em hospital da rede pública, em Jequié.
  • 368º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, comorbidade neoplasia maligna, veio a óbito dia 14/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 369º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e doença cardíaca, veio a óbito dia 17/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 370ª óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, comorbidades hipertensão arterial, diabetes e obesidade, veio a óbito dia 18/05, em hospital da rede privada, em Salvador.
  • 371º óbito – mulher, 57 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, veio a óbito dia 14/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 372º óbito – homem, 57 anos, residente em Itanagra, sem comorbidades, veio a óbito dia 18/05, em hospital da rede pública, em Alagoinhas.
  • 373º óbito – homem, 75 anos, residente em Senhor do Bonfim, comorbidades doenças cardiovasculares e diabetes, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede privada, em Senhor do Bonfim.
  • 374º óbito – sexo feminino, 2 anos, residente em Barra, comorbidades hipertensão arterial, doença renal crônica, veio a óbito dia 11/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 375º óbito – mulher, 63 anos, residente em Ponto Novo, comorbidades doenças cardiovasculares e diabetes, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede pública, em Salvador.
  • 376º óbito – homem, 34 anos, residente em Valente, comorbidades obesidade e hipertensão arterial, veio a óbito dia 14/05, em hospital da rede pública, em Salvador.

Na Bahia, 718 dos 1.427 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para pacientes com covid-19 estão ocupados (50% do total). Entre os leitos de UTI adulto e pediátrico somente para os infectados com o coronavírus, 345 dos 571 disponíveis estão com pessoas internadas (60,4%).

Segundo a Sesab, o número de leitos é flutuante e representa o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. "Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda", informa a secretaria.

O sexo feminino representa 43,27% dos casos confirmados. Já a faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, com 23,83% do total.

Entre o dia 1° de março e esta quinta-feira (21), o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 39.949 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus. Atualmente, 3.888 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.

O boletim epidemiológico registra ainda 32.424 casos descartados e 66.681 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas