Bahia confirma que jogará sem torcida após limitação de público

e.c. bahia
24.01.2022, 13:27:00
Jogo contra o Doce Mel, nesta quarta-feira (26), não terá a presença da torcida (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia confirma que jogará sem torcida após limitação de público

Tricolor diz que terá prejuízo se abrir a Fonte Nova para apenas 1.500 torcedores

O martelo está batido: o Bahia vai voltar a jogar sem a presença da torcida no estádio. Nesta segunda-feira (24), o tricolor anunciou que vai atuar com portões fechados na Fonte Nova enquanto durar o decreto do governo do estado que limita em 1.500 pessoas a capacidade máxima dos eventos esportivos. 

De acordo com o Bahia, abrir a Fonte Nova para apenas 1,5 mil torcedores geraria prejuízo para o clube já que a operação gira em cerca de R$ 100 mil e o valor arrecadado não seria suficiente para cobrir os custos. Uma reunião entre o Bahia e a Fonte Nova selou a decisão. 

"Após reunião com a Arena, ficou decidido que enquanto o governo limitar o público nos estádios em 1.500 pessoas, nossos jogos do Estadual serão com portões fechados, tentando evitar prejuízo de R$ 100 mil/partida. Aguardamos o próximo decreto, nesta semana, para reabrir a Fonte", disse o Bahia em comunicado.

O primeiro duelo em que a medida será aplicada será nesta quarta-feira (26), quando o Esquadrão recebe o Doce Mel, pelo Campeonato Baiano, às 19h15. O duelo vai marcar a estreia do time principal na temporada. 

Vale destacar que o decreto que limita a capacidade nos estádios começou a valer nesta segunda-feira e tem validade até o dia 4 de fevereiro. Na semana passada, quando o limite nos jogos era de até 3 mil pessoas, o tricolor tomou prejuízo de R$ 68.643,28 já que apenas 973 torcedores acompanharam o empate por 1x1 com o Unirb.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas