Bahia empata sem gols com o Flu de Feira na estreia do Baianão

e.c. bahia
20.01.2019, 18:00:00
Atualizado: 20.01.2019, 18:36:52
Jussimar, do Flu, tenta tomar a bola de Mayk, do Bahia (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia empata sem gols com o Flu de Feira na estreia do Baianão

Tricolor foi comandado pelo técnico Cláudio Prates e teve uma mescla dos elencos principal e sub-23

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Nada de bola na rede. O Bahia apenas empatou em 0x0 com o Fluminense de Feira na estreia do Campeonato Baiano, neste domingo (20), no Joia da Princesa, em Feira de Santana. Comandado pelo técnico Cláudio Prates, o tricolor foi representado por uma mescla de jogadores dos elencos principal e sub-23.

Com o resultado, o Bahia divide a 5ª posição na tabela do estadual com o próprio Fluminense de Feira. Ambos têm apenas um ponto. O líder é o Bahia de Feira, que soma três após o triunfo de 2x1 sobre o Jacuipense, seguido do Jequié, que venceu o Jacobina por 1x0. Vitória e Vitória da Conquista ainda não entraram em campo. A partida será disputada na quinta-feira (24), às 20h30, no Barradão.

O torcedor que enfrentou a sensação térmica de 37ºC em Feira de Santana para acompanhar o jogo de pertinho precisou esperar 18 minutos de bola rolando para ver o primeiro chute a gol. Reinaldo Alagoano deu passe açucarado para Bambam e ele bateu de primeira, mas errou a pontaria. 

O torcedor do Bahia teve que esperar um pouco mais pra ver o time do coração investir contra a meta da equipe feirense. Aos 28 minutos, Felipinho arriscou forte de longe e a bola até bateu na rede, mas pelo lado de fora. 

Na sequência, Matheus Silva fez boa jogada pela direita, passou por quatro rivais e tocou para Felipinho, que mandou pra fora. O Bahia acordou para o jogo e passou a dominar as ações. A terceira jogada seguida terminou em uma cabeçada de Júnior Brumado, que exigiu boa defesa do goleiro Léo Paredão. 

No final do primeiro tempo, Felipinho calibrou a canhota de fora da área e tirou tinta da trave feirense. Nos acréscimos, foi o Touro do Sertão que esteve perto de abrir o placar. O goleiro Fernando socou para o meio da área, Jussimar bateu de primeira e a redonda passou pertinho da trave do tricolor da capital.  

Desperdício
A primeira chance de gol da etapa final foi do Bahia. Mayk cruzou na medida, mas Júnior Brumado cabeceou para fora. Pouco tempo depois, o centroavante desperdiçou outra oportunidade. Marco Antônio cobrou falta na área, o zagueiro Ignácio chutou de primeira, o goleiro Léo Paredão defendeu e a bola sobrou para Brumado, mas o zagueiro Marcelo roubou a cena ao conseguir travar o chute.  

Menos propositivo que no primeiro tempo, o Fluminense assustou a defesa do Bahia quando Edson cobrou falta. Ignácio apareceu para evitar o gol dos donos da casa quase em cima da linha.

O Bahia teve nova chance de abrir o marcador quando Everson enxergou Rodrigo aberto e deu ótimo passe em profundidade, mas o atacante chutou mascado e o goleiro Léo não teve trabalho para defender. O próprio Rodrigo desperdiçou mais uma chance após deixar dois marcadores para trás.

Nos acréscimos, o Fluminense de Feira quase conseguiu o gol do triunfo com Gustavo, mas o goleiro Fernando desviou e garantiu o empate. 

O Bahia jogou com Fernando, Matheus Silva, Ignácio, Everson e Mayk; Luis Fernando, Lepo e Felipinho; Marco Antônio (Rodrigo), Iago (Caíque) e Júnior Brumado (Uéslei). Já o Touro, treinado por Chiquinho Lima, teve  Léo Paredão, Edson (Allysson), Marcelão, Cristiano Fontes e Chico Bala; Moreilândia, Rodolfo Potiguar e Jussimar; Vitinho (Cleberson Tiarinha), Bambam e Reinaldo Alagoano.

O próximo compromisso do Esquadrão é quarta-feira (23), às 20h30, contra a Juazeirense, na Fonte Nova. O Flu só jogo domingo, contra o Jacuipense, no Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas