Bahia encara o Athletico-PR pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil

e.c. bahia
22.06.2022, 05:00:00
Tricolor tenta largar em vantagem em decisão na Copa do Brasil (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Bahia encara o Athletico-PR pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil

Tricolor entra em campo nesta quarta-feira (22), às 19h30 na Fonte Nova

O sonho de voltar a conquistar um torneio nacional pode ficar um pouco mais vivo para o Bahia nesta quarta-feira (22), quando o time recebe o Athletico-PR, na Fonte Nova, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A bola rola a partir das 19h30. 

Em campo, o Esquadrão vai em busca de um passo importante na sua história. Desde que a Copa do Brasil começou a ser disputada, o tricolor avançou à fase quartas de final em sete oportunidades e foi o máximo que conseguiu. A última vez aconteceu em 2019, quando acabou eliminado pelo Grêmio.

Para voltar a igualar a sua melhor campanha no torneio, o Bahia aposta na força de casa. Entre os jogadores do elenco, é unânime a ideia de que a equipe precisa conquistar um bom resultado hoje na Fonte Nova para ter tranquilidade na partida da volta, marcada para o dia 12 de julho, na Arena da Baixada, em Curitiba.

O pensamento faz sentido, uma vez que o time de Guto Ferreira tem mostrado força como mandante na Série B. Em sete jogos, o Bahia venceu seis e perdeu um - aproveitamento de 85%.

“A nossa equipe entra com nível de concentração altíssimo. Temos que manter, continuar lutando e acreditando que a gente pode surpreender. O torcedor do Bahia é apaixonado. Creio que eles não são torcedores do momento, sofrem depois da derrota. Creio que quarta-feira vão estar lá nos apoiando até o final”, diz o volante Rezende.

Por falar em bom momento, o confronto com o Athletico-PR se apresenta como o principal desafio do Bahia na temporada até aqui. Sob o comando do técnico Felipão, o rubro-negro está na terceira colocação da Série A e não perde há nove jogos. Entre Brasileirão e Libertadores, a equipe ostenta seis vitórias e três empates.

 “É um jogo que não tem favorito, é um mata-mata, dois jogos. O Bahia é um dos maiores times do Brasil. Estamos na Série B, mas não é o lugar do Bahia, que é a Série A. Eles sabem disso também. Com certeza vão respeitar muito nosso time. É um jogo aberto, franco, e qualquer uma das equipes pode avançar”, avalia o meia Daniel.

Tabu pela frente
Para manter vivo o sonho de conquistar a Copa do Brasil, o Bahia vai ter que superar um adversário que costuma ser uma pedra no sapato tricolor. Em 2022, baianos e paranaenses vão se enfrentar pela terceira vez na competição de mata-mata. O Esquadrão nunca eliminou o Athletico.

Os dois encontros registrados até aqui também foram válidos pelas oitavas de final. Em 1992, as equipes empataram por 0x0 no Pinheirão, em Curitiba. Na volta, na Fonte Nova, o Bahia foi derrotado por 2x1 e acabou eliminado. 

Em 2011, o Athletico voltou a levar a melhor. Depois do empate por 1x1 em Pituaçu, o Furacão aplicou uma goleada por 5x0 na Arena da Baixada e ficou com a vaga nas quartas de final.

Ainda houve outro confronto em mata-mata na história, e também deu Athletico. Foi pela Copa Sul-Americana de 2018: cada time venceu por 1x0 fora de casa, e o Furacão levou nos pênaltis.

O que serve de alento aos tricolores é que o Bahia venceu os últimos três jogos entre os clubes. Todos foram válidos pelo Brasileirão e ocorreram no ano passado. Em janeiro, 1x0 pela Série A de 2020 (que invadiu o ano seguinte por causa da pandemia); em junho, 2x1; e em outubro, 2x0.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas