Bahia notificou 1,1 mil casos de dengue nos primeiros meses de 2020

bahia
12.03.2020, 13:19:00
Atualizado: 12.03.2020, 13:19:23
12 estados brasileiros correm o risco de sofrer surto de dengue (Foto: Divulgação)

Bahia notificou 1,1 mil casos de dengue nos primeiros meses de 2020

Números são do Ministério da Saúde

A Bahia registrou mais de 1.815 casos prováveis de dengue até a quarta semana de janeiro. As informações são do Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde. Em janeiro, o Ministério da Saúde declarou que 12 estados brasileiros correm o risco de sofrer surto de dengue e informou que, além de toda a região Nordeste, a população do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo, deve ficar atenta para o possível surto do sorotipo 2 da dengue. 

Coordenador de doenças de transmissão vetorial da Diretoria e Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), Gabriel Muricy conta que no último levantamento feito pelo estado, 270 municípios mostraram a presença do Aedes aegypti. 

"A população já tem acesso a essas informações, mas sensibilizar da necessidade de adotar hábitos simples como evitar acumulo de água parada, porque um único mosquito é capaz de transportar diferentes vírus", disse o coordenador.

Na tentativa de evitar um surto, Muricy afirma que a Sesab está trabalhando em ações de mobilização e pede o apoio da população baiana. 

Coordenador-Geral de Vigilância em Arbovirose do Ministério da Saúde, Rodrigo Said pede que a população dos estados siga as orientações e entre no enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti. 

Said afirma que mais de 80% dos criadouros do mosquito são encontrados em residências e que por conta disse é necessária uma parceria firme entre poder público e população.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas