Bahia terá argentino e uruguaio pelo caminho na Sula; veja grupos

e.c. bahia
09.04.2021, 13:28:00
Atualizado: 11.04.2021, 22:53:37
Em 2021 Bahia retomará o sonho de conquistar um título internacional (Foto: AFP )

Bahia terá argentino e uruguaio pelo caminho na Sula; veja grupos

Sorteio definiu os adversários do tricolor no torneio internacional

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O caminho do Bahia na Copa Sul-Americana está traçado. Nesta sexta-feira (9), o tricolor conheceu os adversários da fase de grupos da competição internacional. A formação das chaves foi realizada através de sorteio que aconteceu na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai.

Nesta fase da competição, o Bahia caiu no grupo B e vai enfrentar: Independiente (ARG), Guabirá (BOL) e Torque City ou Fénix, do Uruguai, que ainda vão fazer o segundo jogo da primeira fase (na ida, 0x0). As partidas vão acontecer no sistema de ida e volta e apenas o primeiro colocado do grupo avança para as oitavas de final. A tabela ainda não foi divulgada. No entanto, a primeira rodada está programada para o dia 20 de abril. 

Para a realização do sorteio, a Conmebol dividiu os 32 times classificados para a fase de grupos em quatro potes com oito equipes cada. A divisão levou em consideração o ranking da entidade. Os melhores ranqueados foram colocados nos potes 1, 2 e 3, seguindo a ordem decrescente. No pote 4 ficaram Red Bull Bragantino e Metropolitanos, da Venezuela, que não possuem pontuação no ranking, além dos quatro eliminados da Libertadores e os dois representantes do Uruguai. Como a terceira fase da Libertadores e a disputa entre os uruguaios ainda estão em andamento, os classificados só serão conhecidos na próxima semana.

Como ocupa a posição 67 do ranking, o Bahia ficou no pote 2. No sorteio, os oito grupos da Sul-Americana foram formados por um time de cada pote. Equipes do mesmo país não podem ficar na mesma chave. A exceção são as eliminadas da fase preliminar da Libertadores.

O formato de grupos na Copa Sul-Americana será disputado pela primeira vez. Com a mudança, a competição ficou mais longa e mais difícil. Na primeira fase, equipes de Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela se enfrentaram entre si para indicar dois representantes de cada país. Os classificados se juntam aos seis representantes do Brasil, seis da Argentina e quatro eliminados da pré-Libertadores.

Nas oitavas de final, os clubes classificados da fase de grupos vão ter a companhia de oito times eliminados na fase de grupos da Libertadores. A partir daí a competição segue no formato mata-mata, com jogos de ida e volta até a semifinal. A decisão será disputada em jogo único, no dia 6 de novembro, em sede que ainda será anunciada pela Conmebol.

O novo modelo do torneio gera também mais renda para os clubes. Como entra na fase de grupos, o Bahia garante uma cota de participação de 900 mil dólares (aproximadamente R$ 5 milhões). Essa será a oitava vez que o tricolor vai disputar o torneio, a quarta seguida. Até aqui, o melhor desempenho do time baiano foi a fase quartas de final, em 2018 e 2020.

Confira os grupos da Sul-Americana: 

Grupo A
Rosário Central (ARG)
Huachipato (CHI) 
12 de Outubro (PAR)
San Lorenzo (ARG) ou Santos

Grupo B
Independiente (ARG)
Bahia 
Guabirá (BOL)
Torque City ou Fénix (URU)

Grupo C
Jorge Wilstermann (BOL)
Arsenal de Sarandí (ARG)
Ceará 
Bolívar (BOL) ou Junior de Barranquilla (COL)

Grupo D
Athletico-PR
Melgar (PER)
Aucas (EQU)
Metropolitanos (VEN)

Grupo E
Corinthians 
Sport Huancayo (PER)
River Plate (PAR) 
Peñarol ou Cerro Largo (URU)

Grupo F
Newell's Old Boys (ARG)
Palestino (CHI)
Atlético-GO
Libertad (PAR) ou Nacional (COL)

Grupo G
Emelec (EQU)
Tolima (COL)
Talleres (ARG)
Red Bull Bragantino

Grupo H
Lanús (ARG) 
La Equidad (COL)
Aragua (VEN)
Del Valle (EQU) ou Grêmio 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas