Bahiagás doa 5 mil metros de tecido para produção de máscaras

bahia
23.07.2020, 11:36:00
(Divulgação)

Bahiagás doa 5 mil metros de tecido para produção de máscaras

Cooperativa de Feira fará máscaras e doará parte da produção gratuitamente

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) doou 5 mil metros de tecico de algodão para confecção de máscaras. A doação foi destinada à Cooperativa Rede de Produtoras da Bahia (Cooperede), de Feira de Santana, que tem uma parceria com o Governo do Estado, para produzir dois milhões de máscaras. Como contrapartida, a Cooperede vai distribuir de graça parte da produção para unidades de saúde pública e entidades filantrópicas de assistência à população carente.

Segundo a Bahiagás, foram investidos R$ 50 mil nessa campanha de apoio ao combate à covid-19. 

A Cooperede possui 500 máquinas de costura e 500 costureiras cooperadas. A produção envolve mulheres de diversos municípios baianos na atividade da costura, que tem garantido a elas uma renda em tempos de isolamento social e pouca oferta de trabalho.

"O Governo do Estado da Bahia foi o primeiro no País a defender a importância do uso da máscara como forma de proteção contra a covid-19. E a Bahiagás procura fazer a sua parte neste combate à doença por meio deste material. Por isso, consideramos de suma importância esta campanha de doação de tecidos", afirma o diretor-presidente da Companhia, Luiz Gavazza.

Doação de respiradores
A Bahiagás participou também de uma campanha da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) para a compra de novos aparelhos respiradores, que foram doados a unidades estaduais de saúde e utilizados no tratamento dos casos mais graves da doe  nça. Ao todo, foram distribuídos 100 equipamentos.

A Bahiagás também trabalha para atendder instituições públicas de saúde que são importantes neste momento de combate ao novo coronavírus. Desde o início da pandemia, a companhia já concluiu obras para fornecimento de gás natural para três hospitais baianos.

A última delas foi finalizada em junho, para atendimento ao Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus. Antes, havia concluído o trabalho para abastecimento ao Hospital Metropolitano e Hospital Clériston Andrade 2.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas