BBB17: 'Meto a louca mesmo', confessa Elis

TV
27.02.2017, 21:37:00

BBB17: 'Meto a louca mesmo', confessa Elis

Apesar da declaração, ela disse que não fala para "ofender"
(Foto: Reprodução)

Depois de uma madrugada de muita confusão, Elis conversou com Marinalva sobre suas discussões com Marcos e afirmou que não tem intenção de mudar seu jeito de ser. Ela está no paredão indicada pelos líderes Emilly e Daniel e vai disputar a preferência do publico com Ilmar e Daniel. 

"Meu jeito é dado, não agrada muito. Tem hora que a gente tem que ter noção, mas eu não tenho. Eu meto a louca, falo mesmo, mas não pra ofender", garantiu Elis.

Ela disse ainda que se voltar do paredão não tem intenção de brigar com ninguém. "Só quero continuar me divertindo e vivendo a minha vida aqui".

Confusão
Após ser indicada por Emilly e Daniel ao paredão, Elis usou seu tempo de apelo ao público para dizer que queria ficar na casa ainda para "causar" muito. Marcos e Ilmar quiseram saber depois o que isso significava. "É contar tudo que você já conversou comigo para todos. Principalmente contar que você me pediu R$400 mil pra não me botar no paredão. Você afirmou pra mim: 'você é rica?'. Respondi que posso dizer que sim, porque não sou pobre. Daí você perguntou se eu tinha dinheiro. Disse que sim e perguntei o motivo. Então você falou que se ganhasse o líder me indicaria pro paredão, a menos que eu te desse R$400 mil. Eu falei: 'só? Assino o cheque e te dou'", contou a sister.

Marcos ficou surpreso e questionou Elis. "Você tá pirando. Repete. Não falei isso jamais". A comerciante manteve o que disse. Os dois riram, mas logo o médico ficou irritado.  "Elis, só te digo uma coisa: se você ficar, eu peço pra sair", disse ele. "Tu acha que eu vou te perseguir? Tá louco…", rebateu Elis. "Não, não é isso. Se você ficar, você é a prova de que esse programa aqui não vale nada. Você tem que sair imediatamente. Essa é a minha visão. Porque você pirou, você tá falando coisas que são um absurdo. Não dirige mais a palavra a mim", finalizou o médico.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas