BC anuncia novo site exclusivo para consulta de dinheiro 'esquecido' nos bancos

economia
07.02.2022, 19:20:00
(Antonio Cruz)

BC anuncia novo site exclusivo para consulta de dinheiro 'esquecido' nos bancos

Todo o relacionamento do cidadão com o SVR será feito nesse espaço

O Banco Central anunciou que um novo site será utilizado exclusivamente para a consulta do 'dinheiro esquecido' em bancos. As consultas ao Sistema de Valores a Receber (SVR) serão retomadas no dia 14 de fevereiro, no site valoresareceber.bcb.gov.br.

Todo o relacionamento do cidadão com o SVR será feito nesse espaço, e não será possível consultar ou solicitar os valores no site principal do Banco Central, ou dentro do sistema Registrato. Agora, a exigência é que a pessoa possua um login na plataforma Gov.br, nível prata ou ouro, para acessar o SRV. Inicialmente, o sistema havia saído do ar em janeiro devido a sobrecarga de acessos.

O novo sistema traz um passo-a-passo de como fazer o resgate de valores.

Leia mais: Não 'esqueceu' dinheiro no banco? Confira como ganhar um extra no início do ano

No momento da consulta, o cidadão saberá se tem valor a receber e, caso positivo, receberá a data para conhecer esses valores e solicitar sua transferência, a partir do dia 07/03/2022.

O informe ainda ressalta que a pessoa não deve deixar de voltar ao site valoresareceber.bcb.gov.br na data informada. Se não comparecer nessa data, terá que fazer uma nova consulta para receber uma nova data.

"O cidadão nunca perde o direito sobre os valores em seu nome. As instituições financeiras guardarão esses recursos pelo tempo que for necessário, esperando até que o cidadão solicite a devolução", diz o BC em nota.


***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas