Bebê nasce empelicado e equipe médica filma momento em que a bolsa é rompida

em alta
11.12.2021, 10:15:00
(Reprodução)

Bebê nasce empelicado e equipe médica filma momento em que a bolsa é rompida

O recém-nascido aparece tranquilo dentro da bolsa e solta um choro quando a bolsa é rasgada

O pequeno Miguel nasceu no último dia 20 de novembro e já é um sucesso nas redes sociais. O bebê nasceu empelicado e o vídeo do médico rompendo a bolsa amniótica chamou a atenção da internet. Nas imagens, o recém-nascido aparece tranquilo dentro da bolsa e solta um choro quando a bolsa é rasgada.

O vídeo foi divulgado nas redes sociais pela mãe do bebê, Andressa Nunes, de 18 anos. O parto foi uma cesariana e aconteceu em Vila Velha, Rondônia. “Apenas um bebê a cada 80 mil nasce dessa forma. Com certeza, ele já nasceu fazendo a diferença“, destacou Andressa em entrevista para a revista Crescer.

Miguel é o primeiro filho de Andressa e Vitor Ferreira, de 20 anos. O casal não esperava que a repercussão do vídeo fosse tão grande. “Postamos como forma de agradecimento a Deus por termos tido o privilégio de viver esse momento”, explica. Andressa revela que a chegada do primeiro filho foi um momento emocionante e único em sua vida. “Meu marido e eu caímos no choro, foi indescritível. Ficamos paralisados”, confessa.

Inicialmente, o nascimento de Miguel estava previsto para o dia 25 de novembro, mas acabou acontecendo no dia 20. Andressa conta que não teve problemas de saúde durante a gestação e entrou em trabalho de parto com 38 semanas e dois dias. “Mesmo assim, mantive meu desejo de fazer cesárea”, explica.

Assine o JC com planos a partir de R$ 3,50 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Reportagem originalmente publicada em O Povo 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas