BMW revela o XM, o conceito de um SUV híbrido com 750 cv de potência

autos & etc
04.12.2021, 16:00:00

BMW revela o XM, o conceito de um SUV híbrido com 750 cv de potência

Confira também os destaques da Hyundai, Subaru, Porsche e Toyota no Salão de Los Angeles
Com linhas robustas, o conceito XM é apoiado em rodas de 23 polegadas (Foto: BMW)

Geralmente a divisão M transforma os modelos da BMW em produtos de alta performance. Mas nem sempre é assim. Como já aconteceu com o icônico M1, em 1978, surgiu um novo veículo da grife, o XM.

Neste momento, o crossover está em exibição na Art Basel em Miami Beach, na Flórida. Mas conheci o conceito em uma prévia no espaço que a marca possui em um shopping em Los Angeles.  

O veículo é grande, o que o deixaria posicionado entre os SUVs X6 e X7. Com design arrojado, interior luxuoso e tecnológico, ele é apoiado no chão por grandes rodas de 23 polegadas.

Por dentro, o XM tem elementos que unem luxo e tecnologia
Por dentro, o XM tem elementos que unem luxo e tecnologia (Fotos: BMW)
O quadro de instrumentos é totalmente digital
O quadro de instrumentos é totalmente digital
Na traseira, os bancos do conceito são forrados em veludo
Na traseira, os bancos do conceito são forrados em veludo
Híbrido, o veículo tem 750 cv de potência combinada
Híbrido, o veículo tem 750 cv de potência combinada
Na parte inferior da traseira, destaque para as quatro saídas de escape
Na parte inferior da traseira, destaque para as quatro saídas de escape

O motor à gasolina é um 4.4 litros V8 biturbo, que junto do sistema híbrido produz 750 cv de potência e impressionantes 101,9 kgfm de torque.

O fabricante alemão não revelou dados do propulsor elétrico e do sistema híbrido, apenas que a autonomia elétrica é de 80 km.

Um detalhe sobre o nome: a BMW entrou em acordo com a Citroën para o uso da sigla, que na marca francesa remete a um sedã que foi produzido até 2000.

Ano que vem, quando tiver formas finais de produção, o modelo será fabricado em Spartanburg, Carolina do Sul, EUA.

O SHOW CONTINUA
Depois do hiato causado pela pandemia, os salões automotivos voltaram a acontecer nas Américas. A primeira grande mostra automotiva foi o LA AutoShow, ou salão de Los Angeles.

Palco de diversas apresentações globais, o evento se reinventou e mostrou que há ainda muito espaço para encontros desse tipo.

O público experimentou carros dentro e fora do Centro de Convenções de Los Angeles (Foto: Jim Donnelly/ LA AutoShow)

A interação do público com os veículos foi maior, com ações de test drive no entorno do centro de convenções da cidade e também dentro dos pavilhões. Modelos exclusivos e carros inovadores com propulsão elétrica deram o tom.

Confira alguns destaques nesta segunda coluna dedicada ao evento californiano.

HYUNDAI SEVEN
Na mostra californiana a Hyundai destacou o conceito Seven, um SUV grande totalmente elétrico que adianta um pouco de seu futuro utilitário.

Construído sob a plataforma modular que também é a base dos Ioniq 5, Kia EV6 e Genesis GV60, o Seven utiliza a mesma arquitetura de 800 volts que os demais veículos, suportando uma carga rápida de 350 kilowatts.

O veículo elétrico da Hyundai tem portas que se abrem em sentidos opostos (Foto: David Crewe/ LA AutoShow)

Dessa forma, teoricamente, seria capaz de fazer uma recarga de 10% a 80% em apenas 10 minutos, com uma autonomia de mais de 300 milhas (483 quilômetros).

É provável que quando chegar a versão de produção seja batizado como Ioniq 7.

PORSCHE 718 CAYMAN GT4 RS
O que acontece quando o motor traseiro do 911 GT3 é aplicado em um 718 Cayman? Ele se torna um GT4 RS, que ostenta no centro o propulsor de seis cilindros aspirado que rende 500 cv de potência e 45,9 kgfm de torque.

Los Angeles foi palco da primeira aparição pública da nova configuração do 718 Cayman (Foto: Antônio Meira Jr./ CORREIO)

Com apenas 1.415 kg, graças ao emprego de materiais leves na construção, ele acelera de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos. A transmissão é automática de sete velocidades com dupla embreagem.

O modelo estará disponível para pré-venda no Brasil no primeiro semestre de 2022.

SUBARU SOLTERRA
Apesar da atuação discreta no Brasil, a Subaru é bastante competitiva no mercado norte-americano. E pela primeira vez o fabricante japonês terá no seu portfólio um veículo elétrico, o SUV Solterra.

A Subaru apresentou seu primeiro modelo elétrico, o SUV Solterra (Foto: Jim Donnelly/ LA AutoShow)

Em um dos maiores estandes do LA AutoShow, a empresa destacou o modelo que terá duas opções de propulsão quando chegar às concessionárias em 2022. Com dois motores e tração integral irá render 218 cv.  

A opção com força apenas na dianteira tem 204 cv. A marca não revelou detalhes da autonomia, mas disse que ultrapassa 220 milhas (354 km).

TOYOTA BZ4X
Quem trabalhou em conjunto com a Subaru foi outra marca japonesa, a Toyota. Os fabricantes, que já tinham colaborado com os esportivos BRZ e GR86, foram parceiros nos SUVs elétricos.

Em parceria com a Subaru, a Toyota desenvolveu o bZ4X (Foto: Antônio Meira Jr./ CORREIO)

a Toyota, a variante do Solterra é o bZ4X, que também foi apresentado em Los Angeles e fará parte de uma linha de produtos.

“O bZ4X chega ao mercado no momento certo, pois estamos expandindo nossa linha de produtos eletrificados já abrangente”, disse Mike Tripp, vice-presidente de marketing da Toyota.

AGENDA DE SALÕES
Para 2022 estão confirmadas algumas mostras automotivas. O primeiro evento será em Nova York, em abril. Na sequência, estão agendados Detroit, em setembro, e Paris, em outubro.

O salão do automóvel brasileiro, normalmente realizado em São Paulo, não está confirmado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas