Bolsonaro é o pior presidente do mundo na pandemia, diz Felipe Neto no NYT

brasil
15.07.2020, 15:21:00
Atualizado: 15.07.2020, 15:37:37
(Reprodução)

Bolsonaro é o pior presidente do mundo na pandemia, diz Felipe Neto no NYT

Vídeo com opinião do influencer foi publicado pelo maior jornal do mundo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O youtuber Felipe Neto gravou um vídeo para o The New York Times, considerado o maior jornal do mundo, afirmando que o Jair Bolsonaro é o pior presidente do mundo na condução do combate à covid-19. Ele usa uma comparação com Donald Trump, presidente americano, para tentar provar que Bolsonaro é o pior. O NYT é publicado nos EUA. 

O vídeo, em inglês, foi publicado na seção de opinião do jornal, que traz visões que não necessariamente se alinham com a do jornal, mas que o veículo resolve publicar para incentivar debates.

Felipe Neto diz que os americanos costumam dizer que são líderes em tudo. "Muitos dizem que Trump é o pior líder de Estado no mundo democrático”, afirma, para emendar em seguida que esse seria, na verdade, Bolsonaro.

O youtuber afirma que o Brasil é o país onde a covid-19 mais cresce no mundo e que mesmo assim o presidente não leva a sério a doença. Ele cita o fato de Bolsonaro ter comparecido a manifestações durante a pandemia e seu apego à hidroxicloroquina, medicamento que não tem evidência científica de funcionar no combate à covid-19.

A amizade entre Bolsonaro e Trump, diz Felipe Neto, é essencial para a imagem do presidente brasileiro. "Trump chama Bolsonaro de um bom amigo, e essa amizade é crucial para Bolsonaro manter sua popularidade. Ela legitima Bolsonaro. Vocês são o líder mundial em mortes por covid e, agora, vocês estão nos levando para o abismo. Seu presidente tem pequenos representantes operando ao redor do mundo. Nós somos as vítimas deles. Portanto, se vocês estão se perguntando o que podem fazer para ajudar o Brasil a lidar com nosso lunático, não reelejam o seu", diz.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas