Bombeiros mantém operação de rescaldo em fábrica que pegou fogo na RMS

bahia
01.06.2019, 10:29:00
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Bombeiros mantém operação de rescaldo em fábrica que pegou fogo na RMS

Equipes realizam o rescaldo revirando e resfriando todo o material para evitar novos focos

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) permanecem realizando o rescaldo na fábrica SK Reciclagem, a cerca de 4 km do centro da cidade de São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador. A unidade, que está localizada no Curralinho, região industrial da cidade, foi atingida por um incêndio na madrugada de sexta-feira (31). Não houve vítimas e ainda não se sabe as causas do fogo. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, não há mais risco de propagação, mas por tratar-se de material altamente combustível, as equipes realizam o rescaldo revirando e resfriando todo o material. A operação de rescaldo segue desde o final da manhã de ontem, quando as chamas foram controladas, e continuou durante a madrugada, com revezamento de equipes.

Segundo informações dos socorristas, as chamas teriam começado nos fundos da fábrica, que pertence a um grupo chinês, e chegaram na metade do prédio. A unidade transforma pneus usados em piso, tapete, recapeamento, grama sintética e outros produtos. 

Na parte interna da fábrica, além do setor industrial, onde tinha grande quantidade de maquinário, funcionava a parte administrativa, que não foi atingida completamente. Antes das chamas atingirem o setor, foram resgatados equipamentos eletrônicos e móveis do local. 

Quando as chamas começaram, apenas um vigilante estava no local. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, foi ele quem chamou o socorro. A estimativa é que havia 200 toneladas de pneus dentro do prédio.

Três viaturas do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) além de duas viaturas do polo industrial da região e dois carros-pipa atuaram no combate do incêndio. Os bombeiros estimaram que mais de 300 mil litros de água foram utilizados para conter as chamas, que foram completamente apagadas por volta das 12:30h. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas