Boneca é colocada para fazer segurança de rua e assusta moradores

em alta
01.09.2021, 09:43:39

Boneca é colocada para fazer segurança de rua e assusta moradores

'Coloquei para espantar bandidos, fofoqueiros e gente feia', diz recifense

Já imaginou ter uma boneca fazendo a segurança da sua rua? Pois bem, moradores de Afogados, na Zona Oeste do Recife, contam com essa vigilância inusitada. Sentada em uma cadeira e com o aspecto digno de filme de terror, a "boneca do mal" vem espantando a criminalidade na Rua Albatroz. Claro que tudo não passa de uma brincadeira promovida por residentes do local, que também alegam ser uma forma de criticar a insegurança que assombra o bairro.

Os responsáveis pela brincadeira foram Janssen Alves, gerente de um pet shop, e a sua mulher, a empresária Bárbara Regina. "A boneca surgiu no último domingo (29), a partir da 00h. Como a gente tem pouca segurança no bairro, então surgiu essa ideia de fazer alguma coisa para assustar os que estão rondando a comunidade. E está dando certo. Teve uns meliantes que passaram e, ao olharem para a boneca, deram meia volta", contou Bárbara, em entrevista à TV Jornal, nesta segunda-feira (31).

"Está dando certo e está se expandindo em todo o local. O pessoal está com medo da boneca e pedindo para levarmos ela para outros bairros também. Coloquei a boneca para espantar bandidos, fofoqueiros, gente feia, gente mentirosa", afirma Janssen, em meio a risadas.

Viralizou
Um vizinho de Janssen e Bárbara compartilhou uma foto da 'Boneca do mal' no twitter e relatou brevemente a história. A publicação já conta com mais de 200 mil curtidas e mil comentários na rede. Muitos usuários aprovaram a ideia e falaram que iram aderir em seus bairros.

Com a fama meteórica, Janssen e Bárbara já levaram a boneca para vários lugares, como a feira do bairro de Afogados, e para o Marco Zero, ponto turístico na área central do Recife. "A boneca ficou famosa. O pessoal pede para levar ela para tirar foto, mas tem muita gente que se assusta", afirmou Janssen.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas