Braskem já pode voltar a ser negociada na bolsa de Nova York

economia
18.10.2019, 14:23:00

Braskem já pode voltar a ser negociada na bolsa de Nova York

Empresa brasileira entregou relatórios necessários

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Gigante brasileira do setor químico e petroquímico, a Braskem anunciou nesta sexta-feira (18) que pode voltar para negociação na bolsa de valores de Nova York, 

Seguindo regulamento da Securities and Exchange Comission (SEC), a companhia entregou o formulário 20-F de 2018 ontem, conforme exigido pelo órgão.

Este formulário é um documento que as companhais estrangeiras com títulos negociados nas bolsas americanas precisam forneces às autoridades reguladoras do país.

A empresa brasileira atrasou na entrega dos formulários de 2017 e 2018, por conta do cumprimento de procedimentos e análises adicionais sobre seus processos de controle interno. Por conta disso, a bolsa de Nova York tinha removido a Braskem do pregão.

No começo do mês, a Braskem entregou o relatório referente a 2017. Agora, com a entrega do de 2018, a companhia deve ser liberada para voltar ao pregão. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas