Brigadistas voluntários chegam ao município de Barra para auxiliar no combate ao incêndio

bahia
26.09.2020, 08:58:39
Atualizado: 26.09.2020, 09:09:45
(Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Brigadistas voluntários chegam ao município de Barra para auxiliar no combate ao incêndio

Incêndio florestal atinge a região há 11 dias

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Mais oito brigadistas voluntários chegam ao município de Barra, no Oeste baiano, neste sábado (26), para auxiliar os bombeiros no combate ao incêndio florestal que atinge a região. Segundo o Climatempo, neste sábado, a temperatura deverá chegar a 36 °C e a velocidade dos ventos em torno de 27 km/h. 

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, atualmente, estão empregados no combate 18 bombeiros militares especialistas em combate a incêndio florestal, quatro aviões modelo airtractor contratados pelo Programa Bahia Sem Fogo e quatro brigadistas voluntários.

No sétimo dia de combate ao incêndio florestal que atinge a região de Barra, região oeste da Bahia, nesta sexta-feira (25), os militares percorreram a área e detectaram mais dois focos, porém, nas  proximidades do Rio São Francisco, onde houve combate na última quarta-feira (24). Tudo permaneceu sem pontos de calor. 

Na quinta-feira (24), vídeos que circularam nas redes sociais mostraram o desespero de moradores que viram o fogo no quintal de suas casas. No entanto, a assessoria do Corpo de Bombeiros explicou que o incêndio não está mais próximo das casas e que o trabalho da corporação evitou danos aos moradores. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas