BRT de Salvador fará integração com metrô no Iguatemi

salvador
15.03.2017, 06:45:00
Atualizado: 15.03.2017, 07:32:42

BRT de Salvador fará integração com metrô no Iguatemi

Modal aceitará Salvador Card, mas tarifa ainda não foi definida

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foto: Divulgação

Para o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), não há competição entre o BRT e o metrô. Isso porque o BRT foi pensado para operar de forma conjunta com o outro modal. “A gente precisa entender o sistema de transporte público como um só. A gente vai ampliar essa oferta de transporte de alta capacidade para a população de Salvador”, diz. 

No entanto, ainda não há detalhes de como a integração será efetivada. O que se sabe é que a integração será feita na estação final do BRT, no Iguatemi - esta estação, especificamente, será construída pela CCR, concessionária que já administra o metrô de Salvador. “Nós estamos ainda discutindo os detalhes finais da adequação desta estação, porém esse é um pressuposto do projeto, a integração entre os dois modais”, disse Neto.

O valor da tarifa para a integração também não foi definido. “Primeiro, nós vamos desenvolver a obra, entregar e depois, no momento em que ela estiver funcionando, aí nós vamos comunicar à população como funcionará a integração”, completa Neto.

Foto: Evandro Veiga/CORREIO)

Outro fator que ainda está sob estudo é a tarifa que será cobrada no BRT. “Não temos ainda o estudo do valor. Vamos primeiro resolver a questão da macrodrenagem, da mobilidade, para depois pensar na operação”, disse o secretário de Mobilidade Urbana, Fábio Mota. Mas ele adiantou que o Salvador Card também será aceito neste modal de transporte. 

O BRT terá duas modalidades: expressa e semiexpressa, que para nas estações. O sistema será gerido pelo Consórcio Integra, o mesmo que gere a operação dos ônibus na capital baiana. Em Salvador, 50% dos ônibus comuns estão integrados com a Linha 1 do metrô.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas