Bruno Gagliasso faz homenagem emocionante a cachorro que morreu

bazar
19.08.2018, 16:45:00
Atualizado: 19.08.2018, 17:19:08
Bruno Gagliasso e Zeca: amizade (Foto: Reprodução/Instagram)

Bruno Gagliasso faz homenagem emocionante a cachorro que morreu

Zeca, um Golden Retriever, esteve ao lado do ator por cerca de 13 anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em seu perfil no Instagram, o ator Bruno Gagliasso fez uma bonita homenagem a um companheiro de longa data que morreu: seu cachorro Zeca, um Golden Retriever que esteve ao seu lado por cerca de 13 anos.

Na rede social, Bruno revelou que Zeca “foi embora, virou anjo“ nos últimos dias, e agradeceu pela parceria. “Quantas saudades eu vou sentir meu amigão… Que dor… Muito obrigado por estar ao meu lado tanto tempo, 13 anos de amizade e agora? Uma vida de boas lembranças… Obrigado por tudo Zeca, por me acalmar, por todas as alegrias q vc me deu, pela compreensão, por ficar ao meu lado esse tempo todo… te amo!”

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, pets, tecnologia, bem-estar, sexo e o melhor de Salvador e da Bahia, toda semana:

Ainda no texto que acompanha as fotos, Bruno também pediu desculpas. “...por ter sido tão chato, ranzinza, por não ter te dado o carinho q vc merecia, por não conseguir retribuir todo amor q vc me deu, por não estar tão presente e não te dar toda a atenção q devia. Te amo amigão.”

Meu melhor amigo, o Zeca, foi embora, virou anjo.... Quantas saudades eu vou sentir meu amigão.... Que dor.... Mt obrigado por estar ao meu lado tanto tempo, 13 anos de amizade e agora? Uma vida de boas lembranças.... Vai encontrar a Pestinha vai!!!! Nade muito com ela.... vá em todas as piscinas, todos os lagos, todas as praias. Ande bastante de caiaque amigão. Obrigado por tudo Zeca, por me acalmar, por todas as alegrias q vc me deu, pela compreensão, por ficar ao meu lado esse tempo todo... te amo! Desculpa por ter sido tão chato, ranzinza, por não ter te dado o carinho q vc merecia, por não conseguir retribuir todo amor q vc me deu, por não estar tão presente e não te dar toda a atenção q devia. Te amo amigão. Mais tarde vamos nos encontrar e vou te dar todo M&Ms de pasta de amendoim q vc queria, toda bisnaguinha com maionese e queijo ralado q vc roubava, todo churrasco q vc salivava e esperava.... Te Amo Zequinha e nunca vou te esquecer. Bjs com o coração apertado e todo amor do mundo, Papai. ❤️????????

Uma publicação compartilhada por Bruno Gagliasso (@brunogagliasso) em

O ator ainda lembrou que espera encontrar o companheiro em algum momento e deseja repetir todos os hábitos que tinham em vida. “Mais tarde vamos nos encontrar e vou te dar todo M&Ms de pasta de amendoim que você queria, toda bisnaguinha com maionese e queijo ralado que você roubava, todo churrasco que você salivava e esperava…. Te Amo Zequinha e nunca vou te esquecer. Beijos com o coração aperta.”

Em outra postagem no Instagram, Bruno continuou a homenagem e fez uma reflexão sobre o significado da amizade. Na publicação, o ator questiona se esse tipo de relacionamento seria mais valorizado ou não caso os seres humanos tivessem a expectativa de vida curta como a dos cachorros.

Sera q o problema é o tempo ? Sera que se fôssemos como eles que vivem em media 12 anos... Escolheríamos alguem pra vida toda para confiar, amar, perdoar e estar sempre ao lado dela independente da situação durante toda vida ? Faríamos todo tipo de amizade sincera, mesmo que por alguns minutos... Saberíamos perdoar outras pessoas e nao guardar rancor ou levar a magoa adiante mesmo estando com a razão ? Amaríamos todas as crianças... compreenderíamos todos os bebados... Cumprimentaríamos quem não gosta da gente, ou quem não vai com a nossa cara, mesmo sem qualquer motivo para isso...pois somos maiores do que a desconfiança e o julgamento alheio... Criaríamos nossos filhos para o mundo e não para gente... Nao discriminaríamos qualquer tipo de raça ou julgaríamos os outros pela aparência ... Agradeceríamos todos os dias comer ao invés de se preocupar qual seria o prato... Faríamos festas sem motivos... Seríamos gentis sem algum interesse... Amaríamos sem esperar algo em troca... Choraríamos apenas quando algo realmente nos machucasse ou apenas de emoção e felicidade... Será que se tivéssemos apenas essa expectativa de 12 anos pra viver... viveríamos assim? É talvez seja problema do tempo... ❤️????????????????

Uma publicação compartilhada por Bruno Gagliasso (@brunogagliasso) em

“Será que o problema é o tempo? Será que se fôssemos como eles, que vivem em media 12 anos, escolheríamos alguém pra vida toda para confiar, amar, perdoar e estar sempre ao lado dela independente da situação durante toda vida? Faríamos todo tipo de amizade sincera, mesmo que por alguns minutos… Saberíamos perdoar outras pessoas e não guardar rancor ou levar a magoa adiante mesmo estando com a razão? Amaríamos todas as crianças… compreenderíamos os bêbados… Cumprimentaríamos quem não gosta da gente, ou quem não vai com a nossa cara, mesmo sem qualquer motivo para isso… pois somos maiores do que a desconfiança e o julgamento alheio… Criaríamos nossos filhos para o mundo e não para gente… Não discriminaríamos qualquer tipo de raça ou julgaríamos os outros pela aparência… Agradeceríamos todos os dias comer ao invés de se preocupar qual seria o prato… Faríamos festas sem motivos… Seríamos gentis sem algum interesse… Amaríamos sem esperar algo em troca… Choraríamos apenas quando algo realmente nos machucasse ou apenas de emoção e felicidade… Será que se tivéssemos apenas essa expectativa de 12 anos pra viver… viveríamos assim? É talvez seja problema do tempo.”


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas