Busca por cursos online cresce no país

educamais
02.04.2018, 19:40:00
Atualizado: 02.04.2018, 19:41:44
Entre as inúmeras vantagens do ensino a distância, flexibilidade e preço são atrativos (Divulgação)

Busca por cursos online cresce no país

Número de polos EAD quase duplicam após nova regulamentação do MEC         

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Educação a Distância (EAD) no Brasil tem crescido em ritmo acelerado. Segundo os últimos dados do Ministério da Educação (MEC), o EAD atingiu um aumento de 18,6% do total de matrículas nas instituições de ensino superior. No ano passado, o órgão atualizou a regulamentação da modalidade de cursos online e ampliou a oferta de cursos. Com o processo mais flexível, o número de núcleos cadastrados subiu em 85%.

Instituições de ensino de maior qualidade adquiriram o direito de criar mais polos, locais para atender os estudantes dos cursos a distância - desde que cumpram com os requisitos estabelecidos pelo MEC. Estrutura com biblioteca, laboratórios e espaço para provas presenciais estão entre os critérios. Com isso, as possibilidades foram ampliadas também para os alunos que moram longe dos grandes centros.

Entre as inúmeras vantagens do ensino a distância, flexibilidade e preço são atrativos

Essa modalidade tem se tornado a saída para quem deseja fazer um curso superior, mas quer flexibilidade. “ Eu trabalho o dia todo. A facilidade e comodidade de estudar em casa me ajudou muito. Além de economizar tempo, a mensalidade do curso EDA é mais em conta” declara Lais Oliveira, estudante do curso de Gestão de Recursos Humanos e bolsista do Educa Mais Brasil.

Já Bárbara Almeida, estudante de Pedagogia, que também conta com o auxílio do programa de bolsas de estudo, teve a oportunidade de cursar novamente uma graduação e conciliar os estudos com a maternidade. “A alternativa para buscar um curso EAD foi por uma questão tempo. Tenho um bebê de dois anos e não teria condições nenhuma de cursar presencial, para mim foi uma ótima saída. À noite, eu consigo revezar entre estudar e cuidar do meu neném”, pontua. 

Além de permitir um melhor aproveitamento de tempo e ter valores de mensalidades mais acessíveis, os cursos EAD garantem diploma com o mesmo valor de um diploma de curso presencial.

Bolsas de estudo EAD
Mesmo com preços mais acessíveis se comparados a um curso presencial, nem todos que desejam uma graduação ou pós-graduação a distância tem condições de pagar o valor integral das mensalidades. A alternativa está nas bolsas de estudo. Maior programa de inclusão educacional do país, o Educa Mais Brasil oferece descontos que podem chegar a 70%. A inscrição, que é gratuita, pode ser feita pelo portal http://www.educamaisbrasil.com.br/correio.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas