Cabo baleado em confronto com traficantes é o 11º morto PM este ano

bahia
24.08.2018, 10:40:00
Atualizado: 24.08.2018, 15:24:19

Cabo baleado em confronto com traficantes é o 11º morto PM este ano

Operação aconteceu Itaberaba, na Chapada Diamantina

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O cabo da Polícia Militar Crenildo Freitas Macedo, 42 anos, morto na noite de quinta-feira (23) em Itaberaba, na região da Chapada Diamantina, é o 11º PM morto este ano - em 2017, foram 20 policiais. Crenildo foi atingido com um tiro na cabeça durante confronto com homens acusados de liderarem o tráfico de drogas na cidade

De acordo com a Polícia Militar, Crenildo, que era lotado no 11º Batalhão (Itaberaba), integrava o quadro funcional da corporação havia 21 anos e deixa um filho de 8 anos.

O militar estava de serviço quando a equipe que ele estava foi acionada em apoio às diligências da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp Chapada e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Chapada. Os policiais checavam a informação de que dois suspeitos armados estavam escondidos em uma residência no bairro Oriente.

"Ao entrar na casa indicada na denúncia, o militar foi atingido na região da cabeça. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar socorreu o policial até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, mas infelizmente ele não resistiu aos ferimentos", afirmou a PM, em nota. 

O velório acontece no Memorial Itaberaba, na Avenida São Paulo, e o sepultamento será às 15h desta sexta-feira (24), no cemitério do município.

Além do cabo, na operação, três homens suspeitos de liderar o tráfico de drogas em Itaberaba, na Bahia, foram baleados pela polícia, também na noite de quinta-feira (23), e acabaram morrendo.

Três homens morreram na operação 
Foto: Divulgação/SSP

De acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira (24) pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), equipes da Cipe Chapada, do 11° Batalhão da Polícia Militar (BPM/Itaberaba) e das Rondas Especiais (Rondesp) Chapada encontraram os três homens que seriam líderes do tráfico de drogas na cidade. "Três criminosos atiraram nas guarnições durante abordagens e não resistiram ao confronto", disse a SSP-BA.

A ocorrência começou, no bairro Oriente, quando a Cipe Chapada cercou Adaílson Oliveira Santos. "Ele não obedeceu a determinação de parada e atirou. O criminoso acabou não resistindo e com ele foram apreendidos arma, munições e colete balístico", afirmou a SSP-BA. Segundo a pasta, Adaílson liderava o tráfico na região.

As diligências continuaram, no bairro, com apoio do 11° BPM e da Rondesp Chapada onde Alex dos Santos Ferreira e Fernando Sena de Moraes foram localizados.

"A dupla liderava uma facção no município, que, na última terça-feira, foi alvo de uma megaoperação com 21 presos. Eles se esconderam em um imóvel e, após confronto, não resistiram. Na troca de tiros, o PM Crenildo terminou ferido fatalmente. Unidades territoriais e especializadas da região continuam em busca de outros integrantes da quadrilha. Armas, drogas e uma motocicleta roubada foram encontradas com o trio", completou a SSP-BA.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048