Cai número de acidentes e mortes das rodovias estaduais da Bahia no Carnaval

bahia
28.02.2020, 17:49:00
Atualizado: 28.02.2020, 17:49:22
Acidentes deixaram 13 pessoas feridas gravemente e 18 com ferimentos leves (Foto: Arquivo CORREIO )

Cai número de acidentes e mortes das rodovias estaduais da Bahia no Carnaval

Houve um caso a menos que no ano passado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Enquanto as estradas federais que cortam a Bahia registraram aumento no número de mortes e acidentes durante o carnaval, nas rodovias estaduais houve uma leve diminuição na quantidade de casos. Segundo o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), da Polícia Militar, foram registrados 33 acidentes e 4 mortes este ano, contra 34 casos e 5 óbitos no ano passado.

Em 2020, os acidentes deixaram 13 pessoas feridas gravemente e 18 com ferimentos leves. Ao todo, foram abordados 13.879 pessoas e 9.194 veículos. Como resultado das abordagens preventivas, a PM recolheu 46 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH), apreendeu 48 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), extraiu 2.809 autos de infração, e recuperou três veículos.

Ainda na operação houve 10 pessoas conduzidas, 7 presas em flagrante e 84 veículos retidos. O excesso de velocidade resultou na autuação de 1.839 veículos, através utilização de radares portáteis. A PM também realizou 1.471 testes de alcoolemia, sendo 116 condutores flagrados dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica.

Associadas ao trabalho de fiscalização foram realizadas ações educativas com o objetivo de conscientizar, sensibilizar e alertar os condutores quanto aos riscos no trânsito e a importância de adotar uma postura defensiva. Na BA-099 e nas praças de pedágio, o mascote do BPRv, Rodovito, levou mensagem de paz no trânsito e distribuiu panfletos com dicas para um trânsito seguro. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas