Caicedo marca dois pelo Vitória e comemora: 'Estava esperando'

e.c. vitória
08.10.2019, 22:36:10
Atualizado: 08.10.2019, 23:44:24
Jordy Caicedo agradeceu apoio dos companheiros (Tiago Caldas / CORREIO)

Caicedo marca dois pelo Vitória e comemora: 'Estava esperando'

Equatoriano tinha apenas um gol com a camisa do Leão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O duelo que marcou a volta do rubro-negro ao Barradão e às vitórias, nesta terça-feira (8), teve dois destaques. O primeiro foi o atacante Jordy Caicedo, autor de dois gols sobre o Oeste.

O rubro-negro baiano bateu o time paulista por 3x1. Com isso, chegou aos 29 pontos e deixou a zona de rebaixamento. É agora o 16º colocado, com a mesma pontuação do 17º, o Vila Nova, mas com um triunfo a mais.

Ao final da partida, o equatoriano deu vez ao segundo destaque: concedeu entrevista na saída de campo e quebrou o silêncio que perdurava na Toca do Leão. Os atletas não davam entrevista há uma semana, desde que foram recebidos no aeroporto com protesto da torcida ao voltarem da derrota para o Bragantino, ocorrida no dia 29 de setembro.

Caicedo, que só tinha um gol com a camisa rubro-negra, comemorou: “Era algo que estava esperando muito. Cheguei para ser um dos melhores artilheiros e agora consegui marcar. Confiei no meu potencial e no do grupo”.

“Sabemos que estamos na zona de rebaixamento, o que não está de acordo com as nossas capacidades, mas o trabalho de toda a equipe foi excelente. Agora é subir e ir embora da zona”, completou o atacante.

O único gol de Caicedo havia sido na vitória por 2x0 sobre o Paraná, no dia 11 de agosto, pela 15ª rodada.

O autor do outro gol do Vitória foi o seu companheiro de ataque Felipe Garcia, que recebeu oportunidade como titular. Ele não iniciava uma partida desde a derrota por 2x0 para o São Bento, no dia 18 de setembro. “Importante a volta ao Barradão. Aqui está a essência do clube”, afirmou.

O Leão volta a jogar na sexta-feira (11), às 21h30, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas