Cantor Jerry Smith fala sobre vídeo íntimo gay atribuído a ele: 'Fake news'

em alta
25.01.2020, 12:20:09

Cantor Jerry Smith fala sobre vídeo íntimo gay atribuído a ele: 'Fake news'

Cena foi disseminada afirmando ser o baiano, que diz que vai prestar queixa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um vídeo íntimo que mostra um casal gay fazendo sexo oral viralizou na internet na sexta-feira (24) com a informação de que seria o cantor Jerry Smith. Ele negou que se trate dela nas imagens e afirmou que vai prestar queixa. 

A assessoria do artista afirmou que faz mais de um ano que Jerry usa o cabelo baixo, sem o topete que aparece no homem do vídeo. Diz que os advogados dele já foram acionados para tomar as medidas judiciais cabíveis.

"Tão importante quanto a liberdade de expressão, também é o direito a intimidade de qualquer cidadão, que, neste momento, em relação ao cantor Jerry Smith, tem sido sórdida e covardemente devassada pela proliferação de um vídeo atribuído a ele, que não condiz com a verdade", afirma o texto.

Recentemente Jerry esteve envolvido em outra polêmica. Imagens que seriam de conversas dele com uma garota de programa foram divulgadas nas redes sociais, pouco depois da modelo e influencer Emily Garcia anunciar que havia terminado o namoro com o cantor. Em posts, Emily deixou fortemente implícito que foi traída. “Infelizmente ser honesta, correta e fiel não é o suficiente”, escreveu ela na função Stories do Instagram. “Honestidade é algo que vai além do caráter! É essência!”, acrescentou.

Ontem, a assessoria do cantor diz que ele lamentava "o erro". “O cantor não tem o costume de falar sobre sua vida pessoal. Sua ex-namorada já se manifestou publicamente e pediu respeito por este momento. Jerry também pede a compreensão dos colegas de imprensa pelo pedido dela e, quando se sentir à vontade, poderá se manifestar sobre o término do namoro. [Ele] Lamenta o erro, e ao longo dos seus 25 anos, quer aprender com suas falhas”.

Leia a íntegra da nota sobre o vídeo íntimo:

"O cantor Jerry Smith repudia veementemente qualquer tipo de discriminação, em especial, relacionada a opção sexual das pessoas. Entretanto, tem sido veiculada por uma pequena parcela da imprensa sensacionalista e não comprometida com a verdade, um vídeo onde dois homens se relacionam intimamente, sugerindo que um deles seria o cantor Jerry Smith, o que, não é verdade. Trata-se de fake News. Deve-se destacar que a intenção dos que espalham este tipo de conteúdo é de abalar e difamar o artista. Contudo, ao assim proceder, acabam por ferir o art. 139 do Código Penal, estando os transgressores sujeitos as sanções descritas na seara criminal, sem prejuízo de apuração dos danos morais advindos da irresponsável e reprovável conduta. Tão importante quanto a liberdade de expressão, também é o direito a intimidade de qualquer cidadão, que, neste momento, em relação ao cantor Jerry Smith, tem sido sórdida e covardemente devassada pela proliferação de um vídeo atribuído a ele, que não condiz com a verdade." 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas