Carros zero-quilômetro: VW Gol foi o mais vendido em julho; veja ranking

autos & etc
06.08.2022, 16:00:00
O veterano Gol, da Volkswagen, foi o modelo mais emplacado em julho no mercado brasileiro (Fotos: Divulgação)

Carros zero-quilômetro: VW Gol foi o mais vendido em julho; veja ranking

Mercado de automóveis e comerciais leves reagiu e fechou em alta

O segundo semestre começou bem para o mercado automotivo, com 169.093 automóveis e comerciais leves licenciados em julho.

De acordo com a Fenabrave, federação dos revendedores de veículos, esse resultado é 2,20% superior ao obtido em junho e 4,13% superior ao de julho do ano passado.

No total, foram emplacados 1.020.511 modelos novos neste ano, mas nesse comparativo o resultado é 12,70% inferior ao do mesmo período de 2021.

DIVISÃO POR MARCAS
Somando as vendas de carros de passeio, vans e picapes, a Fiat computou 35.680 veículos, o equivalente a 21,10% do mercado brasileiro, e lidera o ranking.

A segunda posição ficou com a Chevrolet (16,52%) e, a terceira, com a Volkswagen (16,21%). A Toyota (9,90%) ficou com a quarta colocação e, a Hyundai (8,46%), com a quinta.

Da sexta à décima posição ficaram: Renault (6,66%), Jeep (6,01%), Nissan (3,73%), Honda (2,35%) e Peugeot (2,075).

MAIS EMPLACADOS NO BRASIL
A grande surpresa em julho foi a volta do Gol à liderança. O hatch da Volkswagen teve 11.925 unidades emplacadas no último mês e superou a Fiat Strada (10.897), que ficou em segundo lugar, e o Chevrolet Onix (8.837), em terceiro.

Por conta da mudança para a linha 2023, o Hyundai HB20 (8.156) perdeu fôlego e caiu para a quarta posição no geral e foi ameaçado pelo Onix Plus (8.135), que ficou em quinto.

Do sexto ao décimo lugar ficaram: Fiat Argo (6.103), Chevrolet Tracker (5.998), Fiat Pulse (5.300), Nissan Kicks (5.221) e Hyundai Creta (5.125).

MAIS EMPLACADOS NA BAHIA
No mercado estadual, o ranking ficou diferente em julho: liderança da Fiat Strada, que somou 486 emplacamentos.

A segunda posição ficou com o Chevrolet Onix (287), que foi seguido pelo Onix Plus (255).

A picape Strada manteve a liderança no mercado estadual

Em quarto veio o Chevrolet Tracker (222) e depois o Hyundai Creta (220), em quinto.

Do sexto ao décimo ficaram: Fiat Toro (217), Fiat Pulse (208), Toyota Corolla Cross (205), Toyota Hilux (203) e Volkswagen Gol (182).

MERCADOS DOMINADOS
Enquanto alguns países têm diversidade de marcas automotivas, outros, são dominados por uma única montadora.

O principal deles é o Uzbequistão, onde 90% dos emplacamentos ano passado foram da General Motors.

Na Coreia do Sul, 73% das vendas foram do grupo Hyundai e, na Venezuela, a Toyota conquistou 72% do mercado.

SCOOTERS EM ALTA
O mercado de scooters vem crescendo: entre janeiro e julho deste ano, já acumula 263.570 emplacamentos, ou seja, mais de 35% do mercado total de motocicletas.

A Honda, que é líder de participação com 76,27% das vendas, também domina o segmento. Dos dez modelos mais vendidos, cinco são da marca japonesa.

SCOOTER AVENTUREIRA
Para se manter na frente, a empresa aposta na diversidade de portfólio. Um dos trunfos da Honda é a ADV, a única entre as mais vendidas que tem características off-road.

Em menos de dois anos no país, mais de vinte mil unidades deste modelo foram licenciadas. É um volume expressivo tendo em vista que seu lançamento ocorreu no início da pandemia.

A ADV, da Honda, é uma scooter para todos os tipos de terreno
A ADV, da Honda, é uma scooter para todos os tipos de terreno
Uma tela digital abriga o quadro de instrumentos
Uma tela digital abriga o quadro de instrumentos
O espaço sob o assento tem 27 litros de capacidade
O espaço sob o assento tem 27 litros de capacidade

Suspensões de longo curso se aliam a um chassi tubular reforçado que garante tanto resistência quanto dirigibilidade adequada em qualquer tipo de piso, inclusive quando a pavimentação é ruim.

Para facilitar, a ADV conta com pneus de uso misto, que é raro em scooters. Com transmissão automática, ela é impulsionada por um motor monocilindro de 149,3 cm³ que que entrega 13,2 cv de potência.

O preço público sugerido é de R$ 21.790, sem as despesas de frete e seguro.

MERCADO DE DUAS RODAS
Diferentemente do que aconteceu com automóveis e comerciais leves, julho não foi um bom mês para as motos. Foram 107.619 emplacamentos, queda de 10,96% em relação a junho e de 4,40% na comparação com julho do ano passado.

No entanto, no acumulado do ano, o resultado é 18,16% superior ao obtido em 2021. Foram licenciadas 744.311 unidades entre janeiro e julho contra 629.893 emplacamentos no mesmo período de 2021.

SUV COUPÉ
Uma história que começou no último Salão do Automóvel de São Paulo, em 2018, finalmente está se tornando realidade. Na época, a Fiat revelou o conceito de um belo SUV coupé que tinha como base a picape Toro.

A Fiat revelou a versão de produção do seu SUV coupé

Enfim, a versão de produção foi revelada e a plataforma escolhida é menor. Batizado de Fastback, em uma clara alusão às linhas da traseira, o veículo terá o mesmo entre-eixos do Cronos, sedã de quem herdou as portas dianteiras.

A parte frontal utiliza elementos do Pulse Abarth, que será lançado em outubro. O Fastback será produzido em Betim (MG) e será lançado mês que vem.

COROLLA CROSS

Dê play e confira a avaliação em vídeo da versão XRE do SUV da Toyota


***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas