Cenas de Carnaval: Blocos tradicionais

salvador
21.02.2019, 05:00:00
(07.03.1984/Arquivo CORREIO)

Cenas de Carnaval: Blocos tradicionais

Das festas de amigos para as ruas de Salvador

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


Todo Carnaval começa no anterior e muitos deles nas escolas e faculdades. Assim, de estudantes, sejam eles secundaristas ou universitários, surgiu os principais e mais antigos blocos de trio de Salvador.

O mais antigo deles é de 1962, Os Internacionais, que, inclusive já mudou de nome para se adaptar à sua atração principal algumas vezes (InterAsa, Interlada, InterNet, etc.). Surgiu no bairro do Santo Antônio e era exclusivo para homens até meados dos anos 90.

A prática era igual à do maior rival dos Internacionais. Rivalidade mesmo. Surgido em 1963, criado por amigos que desistiram de sair no bloco, O Clube dos Corujas foi abreviado com o tempo, virando só Os Corujas e, depois, Corujas. O nome vem do ato de ‘corujar’ as meninas por parte de seus integrantes, que começaram saindo de fantasia, mas depois passaram para as famosas mortalhas. 

Crocodilo no Carnaval 1994
Crocodilo no Carnaval 1994 (José Simões/Arquivo CORREIO)
EVA no Carnaval 2015
EVA no Carnaval 2015 (Marina Silva/Arquivo CORREIO)
Camaleão no Carnaval 1995
Camaleão no Carnaval 1995 (Claudionor Júnior/Arquivo CORREIO)
Os Internacionais no Carnaval 1988
Os Internacionais no Carnaval 1988 (Oduvaldo Silva/Arquivo CORREIO)
Os Internacionais no Carnaval 1979
Os Internacionais no Carnaval 1979 (Sônia Carmo/Arquivo CORREIO)


No final da década 70 e início da de 80, apareceram mais dois blocos resistentes do Carnaval. Em 1978, o Camaleão, criado por universitários e assim batizado pelo artista plástico Bel Borba, por conta dos camaleões que existiam na Praça da Piedade. Já em 1980, os ex-alunos do Colégio Marista, para continuar se encontrando após a entrada na universidade, fundaram o Bloco EVA. EVA é a abreviação de Estrada Velha do Aeroporto, onde ficava o sítio de um dos fundadores, local de encontro do grupo.

Nos anos 90 e 2000, os blocos conseguiram, quase sempre, trazer novidades. Das mortalhas para os abadás, para a ‘beca do EVA’, os abadás diários do Cheiro de Amor (uma espécie de fantasia), a criação de um comércio forte e da pirataria.

Havia também as fichas e a expectativa de ser ‘aprovado’ pelo bloco, o que gerou - inclusive - acusações de segregação racial e social. O crescimento desordenado e pouco planejado levou muitos blocos a falirem e causou um repensamento do Carnaval, que se transformou numa festa bem mais plural nos últimos anos. 


*Cenas de Carnaval é um oferecimento do Bradesco, com patrocínio do Hapvida e apoio de Vinci Airports, Fieb, Salvador Shopping, Unijorge, Claro, Itaipava Arena Fonte Nova e Sebrae

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/surto-de-lives-na-quarentena-transmissoes-ao-vivo-se-tornaram-comuns-e-ate-memes/
Confira também uma lista de perfis para acompanhar os 'ao vivo'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/autor-de-video-compartilhado-por-bolsonaro-pode-pegar-6-meses-de-prisao/
Gravação trazia informações falsas sobre desabastecimento de alimentos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/abner-pinheiro-publica-foto-com-bebe-nunca-vou-desistir-de-voce/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-polemica-com-teste-de-dna-e-traicoes-sthe-vai-processar-abner/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-live-com-miley-cyrus-anitta-e-chamada-de-icone-pop-brasileiro/
Cantoras conversaram via Instagram e dançaram Rave de Favela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ajustes-deixaram-a-ranger-mais-competitiva/
Em vídeo, Antônio Meira Jr., explica o que mudou na picape da Ford
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-teste-de-dna-e-traicoes-abner-e-sthe-ganham-mais-de-16-mi-de-seguidores/
Treta após baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado do mundo nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baco-exu-do-blues-lanca-ep-contra-o-tedio-da-quarentena/
Preso em casa, artista produziu nove faixas em três dias
Ler Mais