Cerca de 160 casas começam a ser reformadas no Engenho Velho de Brotas

salvador
15.09.2018, 14:14:00
Atualizado: 15.09.2018, 15:17:26
(Foto: Bruno Wendel/CORREIO)

Cerca de 160 casas começam a ser reformadas no Engenho Velho de Brotas

Prefeito ACM Neto assinou ordem de serviço

"A minha situação de antes era bastante complicada. O telhado gotejava quando chovia, as paredes estavam descascadas e mofadas. Hoje, está tudo diferente. Olho para minha Casa e dá gosto de ver", disse Miriam Andrade dos Santos, 54 anos, que reside da comunidade do Bariri, no Engenho Velho de Brotas.. A casa dela foi uma das primeiras da localidade a ser reformada pela prefeitura de Salvador através do Morar Melhor, programa de melhorias habitacionais que beneficia justamente famílias que não conseguem promover reformas nas próprias casas em razão de dificuldades financeiras. As reformas são tocadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra).

Por meio do programa, são realizados serviços de pintura e reboco, troca de esquadrias, substituição de vasos sanitários e pias, recuperação ou troca de telhado, dentre outros, dando melhores condições de moradia a famílias que enfrentam dificuldades financeiras para tocar a própria reforma. "Estive aqui um tempo atrás e as pessoas pediram para que o Bariri ficasse mais bonito, e aí conseguimos trazer para cá o Morar Melhor, que muito me orgulha porque poucas cidades no Brasil conseguem, com recursos públicos, promover um programa habitacional", afirmou o prefeito ACM Neto que neste sábado (15) assinou ordem de serviço para reformar outras 160 casas na localidade. 

"Pretendemos até o final do ano 20 mil reformas na cidade do Salvador. Hoje, São mais 60 famílias beneficiadas pelo programa Viver Melhor", declarou o prefeito ACM Neto.

Esta é a segunda etapa do programa. Ela teve início em dezembro do ano passado, e cerca de 4,5  mil casas estão sendo beneficiadas nesta fase. Todas as obras são fiscalizadas durante a execução e após a conclusão. O programa pretende resgatar a cidadania e a autoestima da população residente nas áreas contempladas, promovendo também assistência técnica nas áreas de Arquitetura e Construção Civil, oferece moradia digna às pessoas e dá oportunidade de trabalho para moradores que já atuam como pedreiro e auxiliar de pedreiro. 

Foto: Divulgação

A escolha dos bairros beneficiados obedece a alguns critérios sociais: são escolhidos, prioritariamente, os que têm maior predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento; maior número de pessoas abaixo da linha de pobreza; maior densidade habitacional; maior quantidade de mulheres chefes de famílias, além da precariedade habitacional característica observada pelas equipes em campo. A definição dos serviços é feita em conjunto com o morador, observando também critérios técnicos. 

Desde 2015, o Morar Melhor já reformou casas em mais de 50 bairros de Salvador, e a meta é chegar à marca de 40 mil residências até o fim de 2020. Devido ao grande sucesso no quesito boas práticas em habitação, o programa recebeu o Selo do Mérito Especial no Fórum Nacional de Habitação e Interesse Social, em 2017. A honraria foi concedida pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos e pelo Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas