Cerca de 160 PMs vão trabalhar na segurança durante o Dois de Julho

salvador
30.06.2021, 14:19:00
Atualizado: 30.06.2021, 14:20:33

Cerca de 160 PMs vão trabalhar na segurança durante o Dois de Julho

Barreiras serão erguidas também como forma de evitar aglomeração

Cerca de 160 policiais militares vão trabalhar nesta sexta-feira (2) durante a solenidade cívica do Dois de Julho, que acontecerá novamente com um ato simbólico por conta da pandemia de covid-19.

Para evitar possíveis aglomerações na região da Lapinha, a Polícia Militar vai realizar ações de policiamento ostensivo e preventivo através de patrulhamento a pé e rondas com carros e motos, além de levantar barreiras no entorno do local do evento.

Vão atuar na data as unidades responsáveis pela segurança na região, com reforço de tropas especializadas do Batalhão de Choque, Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (BEPE), Batalhão Especializado de Polícia Turística (BEPTur) e Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (COPPA).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas